Voltar aos Detalhes do Artigo “E Agora, José?” Decisões Coletivas e Relações Familiares em Finanças Solidárias