https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/issue/feed Educação em Perspectiva 2021-03-04T10:00:00-03:00 Wania Maria Guimarães Lacerda educacaoemperspectiva@ufv.br Open Journal Systems <ul style="color: #000000; font-family: &amp;quot; noto sans&amp;quot;,arial,helvetica,sans-serif; font-size: 14px; font-style: normal; font-variant: normal; font-weight: 400; letter-spacing: normal; orphans: 2; text-align: left; text-decoration: none; text-indent: 0px; text-transform: none; -webkit-text-stroke-width: 0px; white-space: normal; word-spacing: 0px;"> <li class="show"><img alt="" src="https://periodicos.ufv.br/ojs/public/site/images/gsantos3/ImagemPequena.png"></li> </ul> <ul style="color: #000000; font-family: &amp;quot; noto sans&amp;quot;,arial,helvetica,sans-serif; font-size: 14px; font-style: normal; font-variant: normal; font-weight: 400; letter-spacing: normal; orphans: 2; text-align: left; text-decoration: none; text-indent: 0px; text-transform: none; -webkit-text-stroke-width: 0px; white-space: normal; word-spacing: 0px;"> <li class="show"><strong>Escopo:&nbsp;</strong>A revista&nbsp;<strong>Educação em Perspectiva</strong>&nbsp;/ <em>Education in Perspective</em> está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Viçosa e foi&nbsp;criada em 2010 com o objetivo de estimular a produção e a veiculação do conhecimento produzido na área de educação por autores&nbsp;ligados às instituições de ensino e pesquisa do País e do exterior. No âmbito da área de educação, a revista enfoca trabalhos&nbsp;sobre temáticas relativas à formação de professores, às práticas educativas e às ações políticas que resultam da relação entre&nbsp;a educação, o Estado e a sociedade brasileira.</li> <li class="show"><strong>Qualis</strong>: B1 - Educação</li> <li class="show"><strong>Área do conhecimento</strong>: Ciências Humanas</li> <li class="show"><strong>Ano de fundação</strong>: 2010</li> <li class="show"><strong>E-ISSN</strong>: 2178-8359</li> <li class="show"><strong>Título abreviado</strong>: Educ. em Perspec. / <em>Educ. in Perspec.</em></li> <li class="show"><strong>E-mail</strong>: educacaoemperspectiva@ufv.br</li> <li class="show"><strong>Unidade</strong>: <a style="color: #007ab2;" href="http://www.poseducacao.ufv.br/">UFV/PPGE</a>&nbsp;</li> <li class="show"><strong>Prefixo DOI</strong>: 10.22294</li> </ul> <p><strong>Educação em Perspectiva</strong> / <em>Education in Perspective&nbsp;</em></p> <p>&nbsp;</p> <div>&nbsp;</div> https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/8914 A atuação do gestor escolar no enfrentamento da evasão no ensino médio da rede estadual paulista 2020-08-24T16:01:20-03:00 Nonato Assis de Miranda mirandanonato@uol.com.br Cleidson Pereira Gonçalves cleidson.pgoncalves@sp.senac.br <p>Este artigo objetiva analisar as ações de gestores de escolas públicas da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (SEDUC-SP) para enfrentar os altos índices de evasão escolar apontados no Ensino Médio, visto que as práticas e as decisões desses profissionais podem gerar repercussões significativas na trajetória dos estudantes. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujos dados foram obtidos por meio de entrevistas com diretores de sete escolas públicas da SEDUC-SP. Os depoimentos dos diretores foram analisados e interpretados na perspectiva da Análise de Conteúdo de Laurence Bardin e à luz da literatura que discorre sobre o assunto. Os resultados mostram que, dentre outros elementos, o ingresso precoce do aluno no mercado de trabalho é o principal motivo da evasão escolar no Ensino Médio; contudo, a atuação dos gestores escolares tem sido fundamental para reduzir os altos índices de evasão escolar.</p> 2021-01-10T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Educação em Perspectiva https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/9654 A pedagogia universitária e a formação de professores para a educação básica 2020-06-08T18:45:07-03:00 Paulo Fioravante Giareta pfgiareta27@yahoo.com.br Beatriz Mussio Magalhães de Paula biaamussio@gmail.com Flávia Moreira Ribeiro Ribeiro flavinhamorei@gmail.com <p>Este artigo indica algumas aproximações teóricas quanto às possibilidades e desafios para a consolidação de uma pedagogia universitária para a formação dos profissionais do magistério para atuar na Educação Básica. Metodologicamente, está vinculado à concepção dialética histórica, com aporte na técnica de Análise de Conteúdo (BARDIN, 2002). A pesquisa indica para as conquistas teórico-metodológicas no âmbito da produção de pesquisa sobre a pedagogia universitária no contexto da educação superior brasileira e para as dificuldades de superação das características da experiência histórica de pedagogia universitária no Brasil, configurando um cenário de disputa entre as conquistas pedagógicas atuais e a tradição técnico-profissionalizante, fragmentada e utilitária da educação superior.</p> 2021-01-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Educação em Perspectiva https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/9779 A ordem dos fatores não altera o resultado? 2020-09-08T15:27:27-03:00 Ester Mendonça Ramos ester_mendonca@hotmail.com Maria Auxiliadora Bueno Andrade Megid doramegid@gmail.com <p>O artigo apresenta uma investigação que utilizou jogos matemáticos propostos pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). O objetivo foi analisar episódios relacionados ao campo multiplicativo, referentes ao jogo “A bota de muitas léguas”. Apresentam-se reflexões da pesquisadora, alusivas às experiências proporcionadas pelo uso do jogo. Utilizaram-se diário de campo, fotografias, áudio e videogravações. Como resultado, as análises sobre a abordagem do campo multiplicativo indicam a potencialidade do uso de práticas pedagógicas amparadas em jogos para ampliar a compreensão do referido conteúdo pelas crianças, a partir da mediação da professora, o que contribuiu para a resolução da situação-problema apresentada. Ainda, verificou-se a importância da identificação do multiplicador e do multiplicando, apesar de a comutatividade, presente na multiplicação, não alterar o resultado da operação.</p> 2021-01-15T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Educação em Perspectiva https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/9798 Saberes populares e o Ensino de Ciências 2020-06-08T10:19:37-03:00 Karine Arriaga Almerini kaherpeto@hotmail.com Marcelo D'Aquino Rosa marcelodaquino87@gmail.com João Vicente Alfaya dos Santos santosalfaya@gmail.com <p>O saber popular pode ser considerado a gema bruta do conhecimento científico. Porém, muitas vezes o ambiente escolar não oferece o devido espaço à cultura local, dificultando sua valorização e até a aprendizagem de muitos alunos. O objetivo desta pesquisa é o levantamento das principais crenças populares do município de Laguna, Santa Catarina, Brasil. Para atingir tal objetivo, foi aplicado um questionário, no qual 270 participantes (entre eles, professores, gestores e pais de alunos de escolas públicas e particulares), responderam sobre crenças e mitos populares que conhecem. Foram levantadas 13 crenças mais frequentes que foram confrontadas com o conhecimento científico acerca do tema. O levantamento elaborado visa uma melhor compreensão dos chamados conhecimentos alternativos com que os alunos podem ingressar na escola. Como parte dos resultados obtidos, na parte final buscou-se uma reflexão filosófica sobre o conhecimento cotidiano e possibilidades pedagógicas desse conhecimento.</p> 2021-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Educação em Perspectiva https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/11862 Raça, classe e gênero 2021-03-04T10:00:00-03:00 Juliana Moreira Borges juborges13@yahoo.com.br Daniela Oliveira Ramos dos Passos ddanipassos@gmail.com José Eustáquio de Brito joseeustaquio.brito@uemg.br <p>O artigo tem por objetivo realizar uma revisão bibliográfica de pesquisas que investigaram a educação das relações étnico-raciais sob a perspectiva de famílias negras. O recorte foi feito a partir dos artigos da “Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação” – ANPEd, entre os anos de 2011 a 2019. Os descritores utilizados na busca foram os termos interseccionalidade; educação; relações étnico-raciais. Os Grupos de Trabalho analisados constituíram-se pelos GTs 03, 04, 07, 21 e 23, havendo maior aproveitamento nos GTs 07 e 21. Consideramos que o trabalho produzido permitiu um maior contato com as pesquisas feitas, o que possibilitou a familiaridade com o campo e com as brechas existentes, que ficaram nítidas no desenrolar deste artigo.</p> 2021-12-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Educação em Perspectiva