Pobreza e trabalho infantil: o caso do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI em Viçosa/MG

Viviani Silva Lirio, Karine Almeida Paula, Nora Presno Amodeo

Resumo


A pobreza é um tema de pesquisa desafiador, que permeia e condiciona uma série de outras temáticas importantes para a sociedade. Nesse espaço de análise, este trabalho teve o objetivo de analisar o padrão e os condicionantes principais do trabalho infantil no município de Viçosa – MG; além disso, buscou-se compreender o perfil da ação institucional no município. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com diferentes agentes – gestores, representantes das escolas e pais de alunos. Os resultados mostraram que, como relatado em outras pesquisas, a incidência de trabalho infantil tende a concentrar-se nas periferias, indicando que se destaca, nos determinantes do trabalho infantil, o fator renda, refletido na pobreza familiar. Observou-se, também, que o sexo do chefe da família, a escolaridade dos pais, a idade em que os pais começaram a trabalhar e o local de residência foram os fatores mais recorrentemente citados como capazes de influenciar, significativamente, o trabalho infantil.

Palavras chaves: Trabalho Infantil, PETI, Viçosa (MG).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais