[1]
V. da Encarnação, N. M. da Silva, K. M. Damiano Teixeira, e J. F. de Noronha, “Transferências familiares como estratégias de sobrevivência de famílias carentes”, OKS, vol. 23, nº 1, p. 30-47, jun. 2012.