Microcrédito e Microempreendedor: O Caso do Crediamigo na Região do Vale do Jequitinhonha – Minas Gerais

Leandro Martins Vieira, Francisco Vidal Barbosa

Resumo


O microcrédito tem despertado o interesse de governantes devido a sua suposta capacidade de combater a pobreza e de criar oportunidades de desenvolvimento econômico em áreas tradicionalmente pouco favorecidas economicamente. Todavia pouco se tem estudado a respeito dos microempreendimentos que utilizam este tipo de financiamento. Este trabalho busca esclarecer como o microcrédito influencia a promoção do empreendedorismo no Vale do Jequitinhonha. Para explicitar este fenômeno, foi realizado um survey com microempreendedores que foram atendidos pelo Crediamigo. Os dados coletados foram agrupados por meio da cluster analysis. A análise dos dados permitiu constatar que o microcrédito exerce uma influência positiva na lucratividade e na geração de fluxo de caixa nos negócios, uma vez que permite a formação de capital de giro em condições melhores do que aquelas que possuíam anteriormente. Porém, a influência positiva não foi encontrada na geração de novos empregos, já que grande parcela é composta por trabalhadores individuais.


Palavras-chave


Microcrédito; Vale do Jequitinhonha; Microempreendedores; Cluster Analysis

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.21118/apgs.v1i1.977

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons | Qualis/Capes - B1 | e-Issn: 2175-5787 | Editora: Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Av. Peter Henry Rolfs s/n – Campus Universitário Cep: 36570 000 – Viçosa/MG Fone: (31) 3899-2886 | apgs@ufv.br