As representações de crianças e adolescentes sobre a inter-relação entre os recursos monetários e o consumo numa perspectiva piagetiana

Mônica Rocha, Maria de Lourdes Mattos Barreto, Neuza Maria da Silva, Marianela Del Carmen Denegri Coria

Resumo


O objetivo desse estudo, no mestrado, foi analisar e descrever as representações das crianças e dos adolescentes de 4 a 13 anos de idade sobre a inter-relação entre os recursos monetários e o consumo. O estudo está ancorado na pesquisa qualitativa, com base no método clínico piagetiano. A amostra foi composta por 60 sujeitos com média de idade de 4, 6, 7, 10, 11 e 13 anos que frequentavam escolas públicas de Viçosa, MG. Para a coleta dos dados, utilizou-se a entrevista clínica piagetiana. A análise dos dados partiu de categorias descritas por Delval e Denegri (2002) e foram classificadas em níveis (pré-I, I, II e III). As representações dos sujeitos indicaram evolução progressiva e contínua dos conhecimentos e que desde os 4 anos de idade as crianças estabelecem relações entre dinheiro e consumo, o que confirma a hipótese do estudo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais





Periódico do Programa de Pós-Graduação em Economia Doméstica - PPGED

Universidade Federal de Viçosa - UFV

www.oikos.ufv.br

ISSN: 2236-8493

Contato:
revistaoikos@ufv.br
(31)3899-2488


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.