EFEITO DA ADIÇÃO DE CASCA DE ARROZ NA DECOMPOSIÇÃO ANAERÓBICA DE DEJETOS SUÍNOS SOBRE OS TEORES DE MACRO E MICRONUTRIENTES

Nelson Cristiano Weber, Carlos Alexandre Oelke, Eduardo Bohrer de Azevedo, Alcides Adalberto Bairros Ramos, Jean Carlos F. Fresinghelli, João Carlos Pozzatti Winckler

Resumo


A suinocultura tem se intensificado nos últimos anos, e com ela, a preocupação com os impactos ambientais, principalmente associados ao manejo e uso dos dejetos. Tal fato instiga a investigação de usos
alternativos para tais resíduos, seja na geração de energia menos poluente ou utilização na agricultura, associando seu uso a outros resíduos, como a casca de arroz. Assim, com o presente trabalho objetivou-se avaliar o processo de fermentação dos dejetos suínos, misturados ou não à casca de arroz, e o efeito deste processo na composição química de macro e micronutrientes, bem como seu potencial uso como adubo orgânico. O tratamento um
foi constituído de 1,56 m3 dejetos suínos, e o tratamento dois por 1,1 m3 de dejetos suínos e 0,46 m3 de casca de arroz, que foram distribuídos em 10 tanques (composteiras) com dimensões de 1,0 m (altura) x 2,0 m (comprimento) x 1,0 m (largura). O delineamento foi inteiramente ao acaso, com dois fatores (com e sem casca) e tempo
de fermentação (0, 125 e >267 dias). Os dejetos apresentaram concentração de sólidos totais menores que 2% no inicio do experimento, a adição de casca de arroz somente influenciou a relação carbono (C): nitrogênio (N), onde apresentou elevação da relação devido principalmente aos compostos orgânicos da casca. Os teores
de macro e micronutrientes foram aumentados até o período de 125 dias, podendo ser observado a mineralização dos nutrientes e maior disponibilidade para as plantas, porém, no período superior aos 267 dias, houve redução em torno de 75% destes nutrientes, indicando menor disponibilidade e perda de qualidade química do composto.
O período de armazenagem de 125 dias é o que demonstra conferir os melhores resultados, embora o teor de umidade elevado permita sua utilização somente como fertilizante orgânico fluido.


Palavras-chave


Composto orgânico; Fermentação; Macronutrientes; Micronutrientes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v7i1.389

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317