CAPIM-ELEFANTE ENSILADO COM A PLANTA INTEIRA DE SOJA E FUBÁ

Vinicius Lelis Ferreira, Hélio Henrique Vilela, Regina Kitagawa Grizotto, Nathália Gonçalves de Jesus, Jéssyca Caroline de Faria, Larissa de Melo Coelho, Adriane Aparecida Galvão Ferreira

Resumo


O capim-elefante é uma gramínea tropical com alto potencial para produção de forragem e pode ser utilizada para ensilagem. No entanto, quando ensilado no momento ideal, apresenta-se com baixo teor
de MS, o que pode causar fermentações indesejáveis. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da adição de fubá e planta inteira de soja sobre a qualidade bromatológica da silagem de capim-elefante. Para isso, utilizou-se um delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos: ensilagem
de soja colhida no estádio R6, ensilagem do capim-elefante + 10 % de fubá, ensilagem usando 75 % de capimelefante + 25 % de soja + 10 % de fubá e ensilagem usando 50 % de capim-elefante + 50 % de soja + 10
% de fubá, com cinco repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste Tukey a 5 % de significância. O uso de fubá e soja foi eficiente na redução dos valores de pH das silagens, os quais variaram de 3,49 a 6,12 nas silagens de capim-elefante acrescido de fubá e silagem exclusiva de soja, respectivamente; bem como no aumento da MS das silagens, a qual variou de 27,05 % a 30,18 % para as silagens de capim + 10 % de fubá e as de soja, respectivamente. A adição de soja na ensilagem
de capim-elefante elevou os teores de PB nas silagens e aquelas confeccionadas apenas com capim e fubá foram as que apresentaram maiores teores de FDN (57,36 %) e lignina (12,16 %). A adição simultânea da planta inteira de soja colhida no estádio R6 e fubá na ensilagem do capim-elefante produz silagens com parâmetros indicativos de melhor valor nutritivo.


Palavras-chave


gramínea; Pennisetum purpureum; silagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v7i2.405

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317