HABILIDADE COMPETITIVA DE ARROZ EM CONVIVÊNCIA COM ARROZVERMELHO SOB DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE NITROGÊNIO

Dirceu Agostinetto, Marcos André Nohatto, Camila Peligrinotti Tarouco, Lais Tessari Perboni, André da Rosa Ulguim

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a habilidade competitiva entre arroz e arroz-vermelho submetidas a diferentes concentrações de nitrogênio. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação no ano agrícola 2011/12. O delineamento experimental utilizado foi completamente casualizado, com seis repetições. Os tratamentos foram dispostos em esquema fatorial, sendo composto por diferentes combinações do cultivar de arroz IRGA 424 e de biótipo de arroz-vermelho, variando-se as proporções relativas de plantas por vaso [competição intraespecífica (100:0) e interespecífica (50:50)]; e, doses de nitrogênio adicionadas ao solo (0, 60, 120, 180 e 240 kg N ha-1). As variáveis avaliadas foram: massa da matéria seca da parte aérea, área foliar e estatura de planta. Os resultados obtidos evidenciam que a cultivar de arroz IRGA 424 apresenta menor habilidade competitiva em relação ao biótipo de arroz-vermelho, sendo que o incremento da disponibilidade de nitrogênio no nicho não reverte essa resposta. Nas doses mais elevadas de N (180 e 240 kg N ha-1), a competição interespecífica e intraespecífica é mais prejudicial a cultura e o arroz-vermelho, respectivamente.

Palavras-chave


Oryza sativa; Interferência; Nutriente; Série de substituição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317