DESEMPENHO AGRONÔMICO E QUALITATIVO DE CULTIVARES DE CEVADA CERVEJEIRA NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

JACIMAR LUIS DE SOUZA, Euclydes Minella, Rogério Carvalho Guarçoni, Luiz Fernando Favarato, Camila Santos Teixeira

Resumo


Com a expansão do mercado de cervejas artesanais, a recomendação de cultivares de cevada cervejeira com bom potencial produtivo no estado do Espírito Santo poderá se tornar uma nova alternativa tecnológica para os agricultores. Assim, objetivou-se avaliar o comportamento agronômico e a qualidade de três cultivares de cevada oriundas do programa de melhoramento genético da Embrapa, na região serrana do estado do Espírito Santo, a 950m de altitude, município de Domingos Martins. O número de grãos por espiga não se diferenciou entre as cultivares, mas o peso de mil grãos variou significativamente, com destaque para a cv. BRS Kalibre, com média de 59,3 g, contra 55,6 g e 51,8 g das cultivares BRS Brau e BRS Sampa, respectivamente. Os níveis de produtividade de grãos obtidos foram satisfatórios comparados aos rendimentos observados em outras regiões, com médias de 4.870, 4.977 e 5.593 kg ha-1 para as cultivares BRS Sampa, BRS Brau e BRS Kalibre, respectivamente. Os grãos de cevada mostraram-se adequados à transformação em malte cervejeiro, uma vez que todas as cultivares apresentaram mais que 85% dos grãos classe 1 (maior que 2,5mm), poder germinativo acima de 95% e teores de proteína na faixa de 9,0 a 12,0%.

Palavras-chave


Hordeum vulgare; melhoramento genético; produção de cerveja; agroecologia; cultivo orgânico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v9i2.3069

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317