A ARMAZENAGEM DE GRÃOS NO BRASIL: QUAL A MELHOR ESTRATÉGIA PARA OS EXPORTADORES?

Fernando Vinícius da Rocha, Abner Matheus João, Rodrigo de Moraes Santos, José Vicente Caixeta Filho

Resumo


O agronegócio é um setor de destaque na economia brasileira e os custos devido à falta ou inadequação de infraestruturas logísticas impactam na receita obtida pelos produtores. No Brasil, é evidente a falta de infraestrutura de armazenagem de grãos, operação logística esta que pode trazer benefícios comerciais aos produtores. O presente artigo, utilizando o Método de Simulação de Monte Carlo, discute a possibilidade de utilização da armazenagem por parte dos produtores de soja, como forma de aumentar a receita obtida com a venda da produção. Os resultados evidenciam que a armazenagem possibilita a obtenção de receitas extras, sendo esta operação mais indicada para a soja colhida no mês de fevereiro. Para a colheita no mês de janeiro, os benefícios trazidos com a utilização da armazenagem são menores, dado o maior risco associado ao comportamento dos preços no mercado internacional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25070/rea.v16i3.7812

Apontamentos

  • Não há apontamentos.