AJUSTE DE MODELO DE PREDIÇÃO DE ÁREA FOLIAR DO FEIJOEIRO EM FUNÇÃO DE MEDIDAS LINEARES

Anderson Takashi Hara, Antônio Carlos Andrade Gonçalves, André Maller, Heraldo Takao Hashiguti, Jhonatan Monteiro de Oliveira

Resumo


O conhecimento da área foliar em estudos agronômicos é essencial em pesquisas que envolvem interrelações com outras variáveis relacionadas com essa variável, como a produtividade, produção de fotossimilados, absorção de nutrientes. No entanto, em muitos casos torna-se inviável o procedimento em decorrência da necessidade de destruição do material a ser medido. Portanto, a utilização de métodos indiretos que possibilitem a estimativa dessa variável é uma alternativa para a obtenção da área foliar sem sua destruição. O objetivo deste trabalho foi o de ajustar modelos matemáticos para estimar a área do trifólio de feijão, cultivar IPR Tangará, por meio de medidas lineares do folíolo central e comparar com o desempenho de modelos retirados na literatura. Foram utilizados 1.195 trifólios para o ajuste de modelos e 527 para validação. A área foliar da cultivar IPR tangará pode ser predita por meio de medidas do comprimento e largura do trifólio central. Modelos ajustados para uma determinada cultivar não podem ser utilizados em outras cultivares.

Palavras-chave


dimensões foliares; erro sistemático; método não destrutivo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v27i2.912

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG