FERTIRRIGAÇÃO COM NITROGÊNIO NA CULTURA DO BRÓCOLIS

Paula Ariana da Silva, Guilherme Augusto Biscaro, Gabriel Queiroz de Oliveira, Francielli Schwerz, Karoline Kovaleski Bertoldo Drehmer

Resumo


Visando à sustentabilidade e eficiência dos sistemas agrícolas, o estudo com doses de fertilizantes que proporcione maiores produtividades das culturas é necessário. Objetivou-se analisar os componentes de produtividade do brócolis fertirrigado com diferentes doses de nitrogênio, cultivado em Latossolo Vermelho distroférrico, em Dourados, MS. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos foram compostos por seis concentrações de nitrogênio (zero, 80, 160, 240, 320 e 400 kg ha-1). A cultivar utilizada foi o brócolis-de-cabeça (Brassica oleracea var. italica, Avenger Sakata). O plantio foi realizado no dia 22 de outubro de 2012 e a colheita aos 85 dias após o transplantio. Foram avaliados altura da inflorescência, diâmetro da inflorescência, massa fresca da inflorescência, massa seca da inflorescência e produtividade. As variáveis estudadas foram submetidas à análise de variância e à análise de regressão. Conclui-se que em Dourados, MS, para obter a máxima produtividade de brócolis, é necessária a aplicação de 226,76 kg ha-1 de nitrogênio via fertirrigação.


Palavras-chave


Brassica oleracea, ureia, manejo de irrigação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v27i5.979

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG

Licença Creative Commons

Revista Engenharia na Agricultura / Engineering in Agriculture | Viçosa, MG, ISSN 2175-6813