REVES - Revista Relações Sociais https://periodicos.ufv.br/reves Universidade Federal de Viçosa - UFV pt-BR REVES - Revista Relações Sociais 2595-4490 O Escândalo da Parmalat: Uma Análise da Fraude Financeira e Suas Implicações para o Comércio Internacional https://periodicos.ufv.br/reves/article/view/18165 <p>O escândalo Parmalat, frequentemente comparado ao caso Enron na Europa, destaca uma das maiores fraudes financeiras na história dos negócios globais. Revelado em 2003, o caso expôs um déficit impressionante de €14 bilhões nas contas da empresa, resultado de fraude, má gestão e falhas de supervisão. Este estudo de caso aprofunda-se nas complexidades do escândalo Parmalat, explorando suas causas, impactos e lições para negócios globais. Analisa-se a governança corporativa inadequada, escolhas estratégicas errôneas, falhas de auditoria e violações éticas, destacando a importância de sustentar uma cultura corporativa ética e transparente. O papel da auditoria é enfatizado, destacando deficiências tanto nas auditorias internas quanto externas, e a necessidade de controles mais rígidos e uma cultura de denúncia. As decisões estratégicas da Parmalat são examinadas para entender como contribuíram para o declínio da empresa. A problemática relação entre acionistas majoritários e minoritários é discutida, revelando conflitos internos. A reação ao escândalo incluiu uma pressão por melhores padrões de governança corporativa, reformas regulatórias e a adoção de modelos de governança mais robustos. A importância de uma cultura corporativa ética, a transparência financeira e o empoderamento de denunciantes são sublinhados como fundamentais para prevenir futuras fraudes. O caso Parmalat serve como um alerta para a necessidade de práticas transparentes e éticas nos negócios, reforçando que a lucratividade não deve superar considerações éticas. Este estudo oferece um roteiro para empresas evitarem armadilhas semelhantes, destacando a governança corporativa, a ética nos negócios e a fiscalização como pilares para a confiança e a estabilidade econômica.</p> Edgar Manuel Cambaza Copyright (c) 2024 REVES - Revista Relações Sociais https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2024-01-23 2024-01-23 7 1 18165 18165 10.18540/revesvl7iss1pp18165 A contribuição do Programa ALI Produtividade para as micro e pequenas empresas da Região Central do estado do Rio Grande do Sul https://periodicos.ufv.br/reves/article/view/18146 <p>O presente estudo teve como objetivo geral analisar o impacto do Programa ALI Produtividade nas micro e pequenas empresas, em sua primeira edição realizada na região central do Estado do RS. O Programa ALI (Agentes Locais de Inovação) é uma iniciativa que visa impulsionar a produtividade e o desenvolvimento dessas empresas por meio da aplicação de estratégias de gestão eficientes e inovadoras. Ao longo deste estudo, foram analisados os resultados obtidos por meio da implementação do Programa ALI, investigando como ele influenciou o desempenho econômico, o crescimento e a competitividade das empresas participantes. A metodologia de pesquisa utilizada se caracteriza, quanto à natureza, como aplicada, com uma abordagem qualitativa e quantitativa e de caráter exploratório e descritivo. Quanto aos objetivos, pode ser classificada como exploratória e descritiva, já o procedimento técnico utilizado foi a pesquisa de campo. A pesquisa foi realizada com 23 MPEs, que participaram do Programa no primeiro ciclo, ocorrido entre agosto e dezembro de 2022. Das 23 empresas participantes, 6 não forneceram os dados de produtividade no prazo previsto, ainda que tenham realizado o Radar final, cujos dados não estão contabilizados aqui. Foram considerados o indicador de Produtividade do projeto ALI e a ferramenta do Radar da Inovação, da mesma forma, as mensurações iniciais (T0) e finais (Tf) do ciclo para as 17 MPEs concluintes. Como resultado, observou-se que mais de 94% dessas empresas apresentaram variação positiva em pelo menos uma dimensão analisada e que mais de 82% tiveram aumento do indicador de Produtividade após a conclusão da Jornada de Inovação, com destaque para o ganho de maturidade, ou seja, houve mudanças voltadas a processos e estratégias e com clareza de objetivos, permitindo assim resultados ainda mais consistentes.</p> Camila de Freitas Santos Rafael Mozart da Silva Copyright (c) 2024 REVES - Revista Relações Sociais https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2024-01-23 2024-01-23 7 1 18146 18146 10.18540/revesvl7iss1pp18146