A REFLEXÃO NO CONTEXTO DO ESTÁGIO PEDAGÓGICO: ESTUDO DE CASO DE UM ESTUDANTE ESTAGIÁRIO

Autores

  • Teresa Maria Leandro Sousa e Silva Estudante de doutoramento da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto
  • Zélia Maria Matos de Almeida Roque Pinto Professora auxiliar da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto
  • Paula Maria Fazendeiro Batista Professora auxiliar da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Membro efetivo do Centro de Pesquisa do Centro de Investigaçăo, Formaçăo, Inovaçăo e Intervençăo em Desporto (CIFI2D).

Palavras-chave:

reflexão, estagiário, estágio pedagógico, educação física

Resumo

Este estudo teve como principal propósito caracterizar as alterações do padrão reflexivo de um Estudante Estagiário, da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, que obteve no estágio pedagógico um nível de desempenho excelente. O corpus do estudo é constituído por 18 reflexões de aulas, pelo relatório final de estágio e por uma entrevista semiestruturada. Na análise dos dados utilizaramse procedimentos de análise de conteúdo, sendo que a generalidade das categorias foi definida a priori. Os resultados indicam que nas reflexões efetuadas ao longo do estágio houve decréscimo de referências nas categorias “professor” e “conteúdos” e uma acentuação na categoria “ilações”; as três últimas reflexões se centram quase exclusivamente nas questões do “ser professor” e do “ensino”. Ficou ainda evidente que o estagiário atribuiu grande importância à reflexão para o seu processo formativo e que no final do estágio este se situava, preponderantemente, no nível crítico de reflexão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALARCÃO, L. Formação reflexiva de professores: estratégias de supervisão. Porto: Porto Editora, 1996.
BODGAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitative em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.
BRYAN, L. Student teachers as researchers: using teacher inquiry projects to promote reflective practice during field experiences. Annual meeting of American Educational Research Association. New Orleans, 2000.
GOETZ, J.; LECOMPTE, M. Ethnography and qualitative design in educational research. New York: Academic Press, 1984.
GUIMARÃES, M. F. O conhecimento profissional do professor de matemática: Dois estudos de caso. 1996. [s.n.]. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Lisboa. Lisboa.
HALL, T. J.; SMITH, M. A. Teacher planning, Instruction and reflection: what we know about teacher cognitive processes. Quest, v.58, n. 4, p. 424-444, 2006.
HARGREAVES, A. Changing Teachers, Changing Times. Teachers' work and culture in the postmodern age. London: Cassell, 1994.
HOUSSAYE, J. Le triangle pédagogique ou comment comprendre la situation pédagogique. In : HOUSSAYE, Jean (Dir.) La pédagogie: une encyclopédie pour aujourd’hui. Paris: ASF éditeur, 1994.
LABRIE, A.; BRDAREVIC, V.; RUSSEL, T. Shared Reflections on Teacher Education Practices: teaching and learning in a pre-service physics method course. Reflective Practice, v.1, n.2, p. 231-245, 2000.
MAGILL, R. Augmented Feedback in skill acquisition. In: SINGER, R.N.; MURPHEY, M.; TENNANT, J.L.K. (Ed.). Handbook on research in sport psychology. New York: McMillan Publishing Companny, 1993. p. 193-212.
MATOS, Z. Para uma definição do conceito e dos pressupostos do desenvolvimento da competência pedagógica. 1989. 100-110 f. Dissertação (Prestação de provas de aptidão pedagógica e capacidade científica) – Instituto Superior de Educação Física da Universidade do Porto, Porto.
MEIRIEU, P. Aprender... sim, mas como? Porto Alegre: Artmed, 1998.
MORAIS, M. A reflexão-acção na formação de professores. Aprender. v. 15, p. 27-30, 1993.
NEVES, E.; BORUCHOVITCH, E. Escala de avaliação da motivação para aprender de alunos do Ensino Fundamental (EMA). Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 20, n. 1, p. 406-413, 2007.
SCHÖN, D. The reflective practitioner. London: Basic Books, 1983.
SHULMAN, L. Knowledge and Teaching: Foundations of the New Reform. Harvard Educational Review, v. 57, n. 1, p. 1-22, 1983.
STAKE, R. Case studies. In: DENZIN, N.; LINCOLN, Y. (Ed.). Handbook of qualitative research, 2. ed. Thousand Oaks, CA: Sage, 2000. p. 435-454.
ULRICH, W. Reflective practice in the civil society: the contribution of critically systemic thinking. Reflective Practice, v.1, n.2, p. 247-256, 2000.
VALLI, L. Reflective teacher education: cases and critiques. Albany: State University of New York Press, 1992.
ZEICHNER, K. A formação reflexiva de professores: ideias e práticas. Lisboa: Educa, 1993.
ZEICHNER, K. Research on teacher thinking and different views of reflective practice in teaching and teacher education. In: CARLGREN, I.; HANDAL, G.; VAAGE, S. (Ed.). Teachers' minds and actions: research on teachers' thinking and practice. London; Washington, D.C: Falmer Press, 1994. p. 9-27.
ZEICHNER, K.; LISTON, D. Teaching student teachers to reflect. Harvard Educational Review, v. 57, n.1, p. 23-48, 1987.
ZEICHNER, K.; LISTON, D. Reflective teaching: an introduction. Hillsdale, NJ: Lawrence Erlbaum, 1996.

Downloads

Publicado

2013-07-30

Como Citar

Silva, T. M. L. S. e ., Pinto, Z. M. M. de A. R. ., & Batista, P. M. F. . (2013). A REFLEXÃO NO CONTEXTO DO ESTÁGIO PEDAGÓGICO: ESTUDO DE CASO DE UM ESTUDANTE ESTAGIÁRIO. Revista Mineira De Educação Física, 21(2), 36-57. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/revminef/article/view/10130