PRODUÇÃO E MERCADOS DO MORANGO ORGÂNICO NO MUNICÍPIO DE CASCAVEL (PR)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36363/rever91202040%20-%2059

Resumo

Os estudos teóricos a respeito da produção de morango orgânico no Brasil ainda são incipientes, portanto, torna-se relevante tratar sobre esse tema, apresentando o crescimento e as tendências desse mercado. Este estudo tem por objetivo principal analisar os mercados do morango orgânico no município de Cascavel (PR). Para tanto, definiu-se a pesquisa como qualitativa, adotando-se a apuração teórica a respeito do tema tratado e o levantamento de dados a partir da aplicação de entrevistas semiestruturadas com a proprietária de uma chácara no distrito de Sede Alvorada, localizado no município de Cascavel (PR), que iniciou o cultivo de morango orgânico no ano de 2017, e também com o agrônomo que acompanha a produção. Os resultados parciais da pesquisa demonstram que o mercado do morango orgânico encontra-se em ascensão e apresenta perspectivas positivas de crescimento para os próximos anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALTIERI, M. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. 4. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2004.

ASSIS, Renato L. Globalização, desenvolvimento sustentável e ação local: o caso da agricultura orgânica. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 20, n. 1, p. 79-96, jan./abr. 2003.

ASSIS, Renato L. Agricultura orgânica e agroecologia: questões conceituais e processo de conversão. Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2005.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Produtos orgânicos: sistemas participativos de garantia. Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo. Brasília: Mapa/ACS, 2008.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Cadeia produtiva de produtos orgânicos. Secretaria de Política Agrícola, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura; Antônio Márcio Buainain e Mário Otávio Batalha (Coord.). Brasília: IICA/ MAPA/SPA, 2007. 108 p. (Agronegócios; v. 5).

BRASIL. Câmara Interministerial de Agroecologia e Produção Orgânica. Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica - PLANAPO. Brasília, DF: MDS; CIAPO, 2013.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. Os sistemas orgânicos de produção. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/sustentabilidade/organicos/cadastro-nacional-produtores-organicos. Acesso em: 10 out. 2017.

BUAINAIN, Antônio Márcio. Cadeia produtiva de produtos orgânicos. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Secretaria de Política. Brasília : IICA : MAPA/SPA, 2007. 108 p. Disponível em https://books.google.com.br/books?isbn=8599851179. Acesso em: 05 out. 2017.

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável: perspectiva para uma nova extensão rural. Revista Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável. Porto Alegre, v.1, n.1, p. 16-37, 2000.

CAPORAL, Francisco R.; COSTABEBER, José A. Agroecologia e extensão rural: contribuições para a promoção do desenvolvimento rural sustentável. Porto Alegre, 2004. Disponível em: www.emater.tche.br/.../agroecologia%20e%20extensao%20rural%20contribuicoes%2. Acesso em: 08 out. 2017.

DAROLT, Moacir R. Conexão ecológica: novas relações entre agricultores e consumidores. Londrina: IAPAR, 2012.

DAROLT, Moacir R.; LAMINE, Claire; BRANDEMBURG, Alfio. A diversidade dos circuitos curtos de alimentos ecológicos: ensinamentos no caso brasileiro e francês. Revista Agriculturas. v. 10 - n. 2, junho de 2013.

DULLEY, Richard D. Agricultura orgânica, biodinâmica, natural, agroecológica ou econlógica? Revista Informações Econômicas, SP, v.33, n.10, out. 2003.

MARIANI, Cleide M.; HENKES, Jairo A. Agricultura orgânica x Agricultura convencional: soluções para minimizar o uso de insumos industrializados. Revista Gestão e sustentabilidade ambiental. Florianópolis, v. 3, n. 2, p. 315 - 338, out. 2014/mar. 2015.

NIEDERLE, Paulo A.; ALMEIDA, Luciano; VEZZANI, Fabiane M. (Org.). Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. Curitiba: Kairós, 2013.

PARANÁ. Agência de notícias do Paraná. Governo do Paraná amplia políticas públicas ao pequeno agricultor. Disponível em: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=92494.

Acesso em 11 out. 2017.

PARANÁ. Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Departamento de Economia Rural – DERAL. Divisão de Estatísticas Básicas – DEB. Disponível em: http://www.agricultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=75. Acesso em: 02 out. 2017.

PIVOTO, Herton C. Cultivo orgânico do morangueiro e custo de produção em diferentes sistemas semi-hidropônicos. Dissertação (Mestrado Programa de Pós-Graduação em Agricultura Orgânica). Rio de Janeiro: UFRRJ, 2016. Disponível em:

http://cursos.ufrrj.br/posgraduacao/ppgao/files/2016/07/Disserta%C3%A7%C3%A3o-Herton-feverreiro-PDF.pdf. Acesso em 02 out. 2017.

SCIALABBA, Nadia E.; HATTAM, Caroline. Agricultura orgánica, ambiente y seguridade alimentaria. Serie sobre medio ambiente y recursos naturales. N. 4. FAO (Food and Agriculture Organization), Roma, 2003.

SCHNEIDER, Sergio. Mercados e agricultura familiar. In. MARQUES, Flavia C.; CONTERATO, Marcelo A.; SCHNEIDER, Sergio (Org). Construção de Mercados e Agricultura Familiar: desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: UFRGS, 2016.

SOUZA, Vitor H. P.; DOURADO, José A. L. Sistema orgânico de produção e a questão agrária: notas para o debate. Caminhos de Geografia Uberlândia. v. 15, n. 52 Dez/2014 p. 55–65.

YIN, Robert K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto alegre: Penso, 2016.

Downloads

Publicado

2020-10-10

Como Citar

Fiedler, L., Zachow, M., Dotto, M. L. G., Tagliapietra, O. M., & Bertolini, G. R. F. (2020). PRODUÇÃO E MERCADOS DO MORANGO ORGÂNICO NO MUNICÍPIO DE CASCAVEL (PR). Revista De Extensão E Estudos Rurais, 9(1), 40 - 59. https://doi.org/10.36363/rever91202040 - 59