ORGANIZAÇÃO DO QUADRO SOCIAL (OQS): UMA INOVAÇÃO INSTITUCIONAL NA GESTÃO SOCIAL DE COOPERATIVAS

Alair Ferreira de Freitas, Alan Ferreira de Freitas, Danilo de Oliveira Sampaio, Marina Silveira Máximo

Resumo


A OQS como estratégia para a gestão democrática de uma cooperativa é um processo sistemático de comunicação e integração. Este artigo objetiva identificar os limites da prática e o papel do programa de Organização do Quadro Social (OQS) na criação de um ambiente institucional favorável à participação social. A pesquisa realizada foi de caráter exploratório descritivo, sendo utilizado um estudo de caso na Cooperativa Agropecuária de Campos Altos, Minas Gerais. Entrevistas, dados secundários e observação participante foram utilizados para se chegar aos resultados, os quais indicam que a percepção dos cooperados em relação ao exercício do poder (centralizado) é um fator que inibe a participação, gerando desmotivação. O acesso restrito às informações por parte dos cooperados foi uma barreira a OQS, assim como a falta de identificação e apropriação das propostas cooperativistas. Concluiu-se que a mudança institucional promovida pela OQS gera uma transformação nas correlações de forças antes identificadas, mas, por sua vez, demanda o envolvimento de todos os cooperados e de profissionais qualificados para lidar com a complexa gestão de uma organização cooperativa.


Palavras-chave


Organização; Gestão democrática; Integração; Cooperativismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21118/apgs.v2i1.26

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons | Qualis/Capes - B1 | e-Issn: 2175-5787 | Editora: Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Av. Peter Henry Rolfs s/n – Campus Universitário Cep: 36570 000 – Viçosa/MG Fone: (31) 3899-2886 | apgs@ufv.br