O Processo Sucessório em uma Instituição do Terceiro Setor - BEA – Beneficência Evangélica Aliança

  • Clarice Mara Sousa-e-Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Edileusa Godói-de-Sousa Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Terceiro Setor, Sucessão, Gestão de Pessoas

Resumo

Este caso busca discutir o processo sucessório na BEA – Beneficência Evangélica Aliança, uma instituição do Terceiro Setor. O caso oferece oportunidades de familiarização com o modelo tridimensional para a análise do processo sucessório em empreendimentos sociais proposto por Godói-de-Sousa (2010). A história da BEA é relatada a partir da ótica de Rosa, uma empreendedora social, que mostra dilemas e perplexidades na reinvenção e gestão de uma instituição no resgate de crianças vítimas de violência. As três perspectivas geradoras de iniciativa de criação de uma instituição do Terceiro Setor: Indivíduo, Organização e Ambiente, estão presentes no caso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarice Mara Sousa-e-Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Mestranda em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia

MBA em Gestão Pública pela Universidade Federal de Uberândia

MBA em Gestão Comercial pela Fundação Getúlio Vargas

Graduada em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia

Edileusa Godói-de-Sousa, Universidade Federal de Uberlândia
Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia. Professora Adjunta na Faculdade de Gestão e Negócios da Universidade Federal de Uberlândia - FAGEN/UFU. Experiência na área de Comunicação e Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: empreendedorismo social, sucessão, terceiro setor e gestão de pessoas.

Referências

Adizes, I. (1993). Os ciclos de vida das organizações: como e por que as empresas crescem e morrem e o que fazer a respeito (2ª ed.). São Paulo: Pioneira.
Antonialli, L. M. (1998). Problemas de sucessão e a sobrevivência das empresas familiares. Anais do SEMEAD – Seminários em Administração. São Paulo, SP, Brasil, 3.
Assis, L. B., Paula, A. P. P. de, Barreto, R. de o. & Viegas, G. (2013). Estudos de Caso no Ensino de Administração: O erro construtivo libertador como caminho para inserção da pedagogia crítica. Rev. Adm. Mackenzie. São Paulo, 14 (5), 44-73.
Bernhoeft, R. (1989). Empresa familiar: sucessão profissionalizada ou sobrevivência comprometida. São Paulo: Nobel.
Daft, R. L. (2002). Organizações: teorias e projetos. São Paulo: Pioneira.
Gersick K. E.; Davis, J.A. & Lansberg, I. (1997). De Geração para geração: ciclos de vida da empresa familiar (4ª ed.) São Paulo: Elsevier.
Godói-de-Sousa, E. & Fischer, R. M. (2012). The succession process at social enterprises in Brazil. R.Adm. 47 (3), 473-488.
Godói-de-Sousa, E. (2010). O processo sucessório em associações produtivas no Brasil - estrutura, desafios e oportunidades. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.
Leone, N. M. C. P. G. (1992). A Sucessão em pequena e média empresa comercial na região de João Pessoa. Revista de Administração da Universidade de São Paulo – RAUSP, 27 (3), 84-91.
Lima, J.B., Borges, A. F. & Carvalho, F. A. De P. (2007, setembro). Construção do Processo de Sucessão em Empresas Familiares: Transmissão Gerencial e Patrimonial. Anais do EnANPAD – Encontro Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Rio de Janeiro, RJ, 31.
Mintzberg, H., Ahlstrand, B. & Lampel J. (2000). Safári de estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico. Porto Alegre: Bookman.
Oliveira, D. P. R. (1999). Empresa Familiar: como fortalecer o empreendimento e otimizar o processo sucessório. São Paulo: Atlas.
Reficco, E.; Gutierrez, R. (2006). Leadership in Social Enterprise. In: SEKN Effective Management of Social Enterprises – Lessons from businesses and civil society organizations in Iberoamerica. Cambridge, Massachusetts: Harvard University/David Rockefeller Center for Latin American Studies.
Publicado
2016-04-27
Como Citar
Sousa-e-Silva, C. M., & Godói-de-Sousa, E. (2016). O Processo Sucessório em uma Instituição do Terceiro Setor - BEA – Beneficência Evangélica Aliança. Administração Pública E Gestão Social, 1(2), 131-135. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/apgs/article/view/4866
Seção
Casos para ensino

Most read articles by the same author(s)