Inovação em Serviços e a Coprodução no Setor Público Federal Brasileiro

  • Mauro Celio Araújo Dos-Reis Universidade de Brasília UniProjeção Faculdade Projeção-Sobradinho/DF
  • Antonio Isidro-Filho Universidade de Brasília - UnB
Palavras-chave: coprodução, inovação em serviços, setor público, resultados da inovação.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo verificar a influência da coprodução nos resultados gerados pela inovação no setor de serviços públicos brasileiro. Para tanto,foi desenvolvido um trabalho em conjunto com o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Inovação e Estratégia (NINE), da Universidade de Brasília, a fim de reunir e analisar 195 relatos de práticas inovadoras,validadas em loco e premiadas pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) no Concurso Inovação na Gestão Pública Federal. Os dados foram coletados a partir da leitura dos casos utilizando-se das técnicas da análise de conteúdo e analisados estatisticamente a partir da utilização de regressão logística. Como resultados foram observadas relações significativas que demonstram a importância da coprodução para os resultados da inovação na prestação de serviços públicos, bem como a importância do papel executado pelo coprodutor. Ao final do trabalho, foram elencadas recomendações práticas e sugerido agenda de pesquisa para desenvolvimento de estudos futuros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauro Celio Araújo Dos-Reis, Universidade de Brasília UniProjeção Faculdade Projeção-Sobradinho/DF
Doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Administração (PPGA) da Universidade de Brasília, mestrado em 2015, pelo mesmo programa, e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Inovação e Estratégia (NINE) ? UnB. Graduado em Administração pela Universidade Federal do Amazonas ? Parintins em 01/2013. Exerceu cargo de Gerente ADM/Financeiro por mais de cinco anos em empresa privada. Possui interesse nas áreas de Inovação e Coprodução em Serviços Públicos, Empreendedorismo e Gestão.
Antonio Isidro-Filho, Universidade de Brasília - UnB
Doutor (2010) e Mestre (2006) em Administração formado pela Universidade de Brasília, MBA em Gestão de Pessoas formado pela Fundação Getúlio Vargas (2004) e Psicólogo formado pelo Centro Universitário de Brasília (2002). Formação em Gestão pela École des Hautes Études Commerciales (HEC/Université de Montréal/Canadá, 2005). Coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Inovação e Estratégia (NINE - www.nine.unb.br) da UnB. Coordenador do Mestrado Profissional em Administração Pública (MPA/PPGA/UnB). Professor Adjunto e Pesquisador no Departamento de Administração (ADM/UnB) e no Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA/UnB). Ex-Chefe do Departamento de Administração (ADM/UnB) na gestão 2013-2015. Tem experiência acadêmica e profissional nas áreas de Gestão da Inovação, Gestão Estratégica, Gestão por Competências, Liderança e Desenvolvimento Gerencial. Membro do GIJ - Grupo de Pesquisa sobre Gestão e Inovação no Judiciário Brasileiro e membro do GePAP - Grupos de Estudos e Pesquisas em Gestão de Pessoas no Setor Público da Universidade de Brasília. Autor de artigos em eventos e periódicos científicos nacionais e estrangeiros.

Referências

REFERÊNCIAS

ANDRADE, Thales N; MOREIRA-JR, Airton. Aperfeiçoamento gerencial e inovação tecnológica. Sociologias, p. 198-230, 2009.

ANGGADWITA, Grisna;DHEWANTO, Wawan. Service Innovation in Public Sector : A case study on PT. Kereta Api Indonesia. Journal of Social and Development Sciences, v. 4, n. 7, p. 308-315, 2013.

AVLONITIS, George J;PAPASTATHOPOULOU, Paulina G; GONARIS, Spiros P. An empirically-based typology of product innovativeness for new financial services: success and failure scenarios. Journal of Product Innovation Management, v.18, n. 5, p. 324-342, 2001.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo.Lisboa: Portugal, 2009.

BITNER, Mary J;BROWN, Stephen W. The service imperative. Business Horizons, v. 51, n. 1, p. 39-46, 2008.

CASALI, Giovana F. R;SILVA, Orlando M. da; CARVALHO, Fátima M. A. Sistema regional de inovação: Estudos das regiões brasileiras. Revista de Economia Contemporânea, v. 14, n. 3, p. 150-166, 2010.

CHEN, Ja S;TSOU, Hung T;CHING, Russell K. H. Co-production and its effects on service innovation. Industrial Marketing Management, v. 40, n. 8, p. 1331-1346, 2011.

DJELLAL, Faridah. Innovation indicators. Science and Public Policy, v. 26, n. 4, p. 218-232, 1999.

DJELLAL, Faridah;GALLOUJ, Faiz. Mapping innovation dynamics in hospitals. Research Policy, v. 34, n. 6, p. 817-835, 2005.

DJELLAL, Faridah;GALLOUJ, Faiz;MILES, Ian. Two decades of research on innovation in services: Which place for public services? Structural Change and Economic Dynamics, v. 27, p. 98-117, 2013.

EMDEN, Zeynep;CALANTONE, Rojer J; & DROGE, Cornelia. Collaborating for new product development: Selecting the partner with maximum potential to create value. Journal of Product Innovation Management, v. 23, n. 4, p. 330-341, 2006.

ESESP. Prêmio Inovação na Gestão Pública do Espírito Santo.

ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO (ESESP). Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2015.

FARAH, Marta F.Parcerias, novos arranjos institucionais e políticas públicas no nível local de governo. Revista de Administração Pública., v. 35, n. 1, p. 119-144, 2000.

FARAH, Marta F. Temas emergentes em gestão e políticas públicas: Tendências gerais. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, v. 11, n. 48, p. 43-65, 2006.

FARAH, Marta F. Continuidade e disseminação de inovações na gestão pública subnacional no Brasil.2007. Disponível em: . Acesso em: 17abr. 2015.

FARAH, Marta F. Disseminação de inovação e políticas públicas e espaço local. Organizações & Sociedade,v. 15,n. 45, p. 107-126, 2008.

FELLER, Joseph; FINNEGAN, Patrick; NILSSON, Olof.Open innovation and public administration: Transformational typologies and business model impacts. European Journal of Information Systems, v. 20, n. 3, p. 358-374. 2011.

GABEL-SHEMUELI, Rachel;CAPELL, Ben. Public sector values: Between the real and the ideal. Cross Cultural Management, v. 20, n. 4, p. 586-606, 2013.

GADREY, Jean. The characterization of goods and services: An alternative approach. Review of Income and Wealth, v. 46, n. 3, p. 369-387. 2000.

GADREY, Jean;GALLOUJ, Faiz;WEINSTEIN, Oliver. New modes of innovation: How services benefitindustries. Journal of Service Management, v. 6, n. 3, p. 4-16, 1995.

GALLOUJ, Faiz. Innovation in services and the attendant old and new myths. Journal of Socio-Economics, v. 31, p. 137-154, 2002.

GALLOUJ, Faiz; SAVONA, Maria. Innovation in services : a review of the debate and a research agenda, v. 19, p. 149-172, 2009.

GALLOUJ, Faiz; WEINSTEIN, Oliver.Innovation in services. Research Policy, v. 26, p. 537-556, 1997.

GALLOUJ, Faiz; ZANFEI, Antonello. Innovation in public services: Filling a gap in the literature. Structural Change and Economic Dynamics, v. 27, p.89-97, 2013.

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Prêmio Mário Covas. Governo do Estado de São Paulo. Disponível em:
Acesso em: 19 abr. 2015.

GRANT, Robert M. Prospering in dynamically competitive environments: Organizational capability as knowledge integration. Organizational Science, v. 7, n. 4, p. 375-387, 1996.

HARTLEY, Jean. Innovation in governance and public services: Past and present. Public money and management, p. 27-35, 2005.

INAZAWA, Fernandez k. O papel da cultura organizacional e da aprendizagem para o sucesso da gestão do conhecimento. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 14, n. 3, p. 206-220, 2009.

INSTITUTO INNOVARE. Prêmio Innovare. Instituto Innovare. Disponível em:Acesso em: 19 abr. 2015.

JOHANNESSEN, Jon A;OLSEN, Bjørn; OLAISEN, Johan. Aspects of innovation theory based on knowledge-management. International Journal of Information Management, v. 19, n. 2, p. 121-139, 1999.

KINDER, Tony. local public administrations. Science and Public Policy, v. 29, n. 3, p. 221-233, 2002.

KLERKX, Laurens;NETTLE, Ruth. Achievements and challenges of innovation co-production support initiatives in the Australian and Dutch dairy sectors: A comparative study. Food Policy, v. 40, p. 74-89, 2013.

KOCH, Per;HAUKNES, Johan. Innovation in the Public SectorInnovation in the Public Sector.2005. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2015.

KUUSISTO, Jari;VILJAMA, Anmari. Knowledge-intensive business services and co-production of knowledge: The role of public sector. Frontiers of e-business research, p. 282-298, 2008.

LAM, Wai F; WANG, Xiaoqi. Of a co‐production approach to performance measurement: How do officials and citizens understand government performance. Public Administration and Development, v. 47,p. 32-47, 2013.

LEADBEATER, Charles;BARTLETT, Jamie; GALLAGHER, Niamh. Making It Personal.London: Demos, 2008.

LOEFFLER, Elke; POWER, Gerry;BOVAIRD, Tony;HINE-HUGHES, Frankie.Co-Produtcion. Scotland: Governance Internacional, 2013.

MORAES, Juliana G de. Ações Premiadas no 9º Concurso de Inovação na Gestão Pública Federal.Brasília: ENAP, 2003.

MULGAN, Geoff; ALBURY, David. Innovation in the public sector. Strategy unit, Cabinet Office, 2003.

NELSON, Richard R; YATES, Douglas.Innovation and Implementation in Public Organizations. New York: Lexington Books, 2003.

NEWCOMER, Kathryn E. Public service education: Adding value in the public interest. Journal of Public Affairs Education, v. 16, n. 2, p. 207-229, 2010.

OSTROM, Elinor. Crossing the great divide: Synergy, and development. World Development, v. 24, n. 6, p. 1073-1087, 1986.

OTTMANN, Goetz;LARAGY, Carmel;ALLEN, Jacqui;FELDMAN, Peter. Coproduction in practice: Participatory action research to develop a model of community aged care. Systemic Practice and Action Research,v. 24, n. 5, p. 413–427, 2011.

PAIVA, Andrea B. de; ARAÚJO, Frederico A. G. Ações premiadas no 8º Concurso de Inovação na Gestão Pública Federal - Prêmio Hélio Beltrão.Brasília: ENAP, 2004.

PESTOFF, Victor. Co-production and third sector social services in europe: Some concepts and evidence. International Journal of Voluntary and Nonprofit Organizations, v. 23, n. 4, p. 1102–1118, 2012.

PETRUCCI, Vera. L;RUA, Maria das G. Ações premiadas no 1º Concurso de Experiências Inovadoras de Gestão na Administração Pública Federal. Brasília: ENAP, 1998.

PIRES, José C. de S; MACÊDO, Kátia b. Cultura organizacional em organizações públicas no Brasil. Revista de administração pública, v. 40, n. 1, p. 81-104, 2006.

SHIM, J. T; SHIN, Tsong; CHEN, Houn-gee; JIANG, James J;
KLEIN, Gary. Coproduction in successful software development projects. Information and Software Technology, v. 52, n. 10, p. 1062-1068, 2010.

SØRENSEN, Flemming; MATTSSON, Jan;SUNDBO, Jon. Experimental methods in innovation research. Research Policy, v. 39, n. 3, p. 313–322, 2010.

THOMAS, John C. Bringing the publicinto public administration: The struggle continues. Public Administration Review, v. 59, p. 83-88, 1999.

TUSHMAN, MichaelL;ANDERSON,Philip. Technological discontinuities and organizational environments. Administrative Science Quarterly, v. 31, n. 3,p. 439–465, 1986.

VARGAS, Eduardo R. de;ZAWISLAK, Paulo A. Inovação em serviços no paradigma da economia do aprendizado: a pertinência de uma dimensão espacial na abordagem dos sistemas de inovação. Revista de Administração Contemporânea, v. 10, n. 1, p. 139-159, 2006.

VARGAS, Eduardo R. de;BOHRER, Cariza T;FERREIRA, Luciene B; MOREIRA, Marina F. A pesquisa sobre inovação em serviços no Brasil: Estágio atual, desafios e perspectivas. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v. 2, p. 3–21, 2013.

VERSCHUERE, Bram;BRANDSEN, Taco; PESTOFF, Victor. Co-production: The state of the art in research and the future agenda. International Journal of Voluntary and Nonprofit Organizations, v. 23, n. 4, p. 1083–1101, 2012.

YEN, HsiuJu R;WANG, WenKai; WEI, Chih-Ping;HSU, Sheila H;CHIU, Hung-Chang. Service innovation readiness: Dimensions and performance outcome. Decision Support Systems, v. 53, n. 4, p. 813–824, 2012.
Publicado
2019-11-28
Como Citar
Dos-Reis, M. C. A., & Isidro-Filho, A. (2019). Inovação em Serviços e a Coprodução no Setor Público Federal Brasileiro. Administração Pública E Gestão Social. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/apgs/article/view/5481
Seção
Artigos