ANÁLISE ESPACIAL DA DEMANDA POR DIESEL NOS ESTADOS BRASILEIROS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25070/rea.v19i1.11671

Resumo

As mudanças na dinâmica energética mundial e no funcionamento do mercado brasileiro de combustíveis exigem um entendimento profundo do comportamento do consumo energético nos diferentes setores da economia. Em atenção a isso, no presente trabalho se buscou compreender e mensurar as variáveis que determinam a demanda por diesel nos estados brasileiros. A metodologia empregada utilizou dados em painel e modelos de econometria espacial na avaliação da demanda pelo derivado no período de 2002 a 2016. Os parâmetros estimados indicaram elasticidades preço e renda da demanda por diesel de -0,5275 e 0,4247, respectivamente. Os resultados também revelaram a importância da dinâmica do agronegócio na demanda por diesel. Em linhas gerais, o crescimento de 1% no valor da produção agropecuária promove crescimento de 0,1471% no consumo do derivado fóssil. A análise indicou ainda que a demanda por diesel em um determinado Estado é influenciada pela renda e pela produção agropecuária nos Estados vizinhos. Os resultados obtidos oferecem indicações importantes para formuladores de políticas públicas e para ações empresariais relacionadas ao mercado de diesel no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-09-02

Como Citar

Souza, Y. M. de, Rodrigues, L., & Furlan Amaral, D. (2021). ANÁLISE ESPACIAL DA DEMANDA POR DIESEL NOS ESTADOS BRASILEIROS. Revista De Economia E Agronegócio, 19(1), 1-26. https://doi.org/10.25070/rea.v19i1.11671

Edição

Seção

Artigos