PERFIL ECONÔMICO DA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO: UMA ANÁLISE INSUMO PRODUTO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25070/rea.v18i1.8421

Resumo

O Rio São Francisco é um dos principais corpos hídricos do Brasil, percorre grande parte da região nordeste do país, uma das mais afetadas por problemas de seca. Dada sua enorme importância econômica e social, o objetivo deste artigo foi estimar uma Matriz Insumo Produto (I-O) para a Região da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (BHSF). A bacia é subdividida em alto, médio, submédio e baixo São Francisco, com 505 municípios em 6 estados mais o Distrito Federal. Estimou-se a participação da BHSF no PIB nacional em 10,26%. Em linhas gerais, os resultados indicam uma região especializada em atividades relacionadas a mineração e transformação de ferro e metais, refino de petróleo, geração de energia e comércio. Por fim, cabe ressaltar a necessidade da implantação de políticas socioeconômicas que minimizem danos ambientais ao Rio São Francisco, tais como o controle rigoroso de fiscalização sobre a mineração para evitar desastres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Ávila Santos, Universidade Federal do Rio Grande

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Sergipe (2012) e mestrado em Economia Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande (2019), com ênfase em Economia Costeira e Marinha. Atuou no setor de varejo financeiro e serviços. Atualmente atua nas seguintes áreas: economia regional e desenvolvimento sustentável e economia costeira.

Rodrigo Rocha Gonçalves, Professor Dr. do PPGE/MAR da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2006) e Mestrado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Pelotas - UFPEL (2011). Professor Assistente da Universidade Federal do Rio Grande-FURG, ministrando as disciplinas: Contabilidade Social, Formação Econômica do Brasil, Economia do Setor Público e Economia. Atualmente, é aluno de Doutorado da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Desenvolve pesquisas em temas relacionados a Economia da Infraestrutura, entre tais, Transporte, Saneamento e Política Fiscal, com a utilização de Modelos Econométricos e de Equilíbrio Geral Computável.

Cassius Rocha de Oliveira, Professor Dr. do PPGE/MAR da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande (1997), mestrado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (1999) e doutorado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande, coordenador adjunto do curso de ciências econômicas. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia dos Recursos Naturais, economia e gestão ambiental e ciência política.

Referências

CAMELO FILHO, J, V. A dinâmica política, econômica e social do rio São Francisco e do seu vale. Revista do Departamento de Geografia - USP, n. 17, p. 83-93. 2005. <https://doi.org/10.7154/RDG.2005.0017.0006>

CARNEIRO, A. C. G.; ARAÚJO JR, I. T.; ALCOFORADO, M. Regional input-output matrix for sub-middle hydrographic region of the São Francisco river basin in brazil. Anais ... The 25th IIOA conference. Junh. 2017.<https://www.iioa.org/conferences/25th/papers.html>

CHUENCHUM, P.; SUTTINON, P; RUANGRASSAMEE, P. Input-Output Analysis of Water Deficits in Nan River Basin, Thailand. Anais … THA 2017 International Conference on “Water Management and Climate Change Towards Asia's Water-Energy-Food Nexus”, Bangkok, Thailand, 25 – 27 Jan. 2017. < https://ascelibrary.org/doi/10.1061/9780784480595.049 >

Downloads

Publicado

2021-01-14

Como Citar

Santos, R. Ávila, Gonçalves, R. R., & Oliveira, C. R. de. (2021). PERFIL ECONÔMICO DA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO: UMA ANÁLISE INSUMO PRODUTO. Revista De Economia E Agronegócio, 18(2), 1-25. https://doi.org/10.25070/rea.v18i1.8421

Edição

Seção

Artigos