PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA NA VISÃO DOS PROFESSORES DE LAVRAS-MG

Autores

  • Fabio Pinto Gonçalves dos Reis Licenciado em Educação Física. Mestre e Doutor em Educação pela USP.
  • Paulo Igor Guimarães Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Lavras – UFLA
  • Raoni Perrucci Toledo Machado Bacharel em Esportes pela USP. Mestrado e Doutorado pela Escola de Educação Física da USP

Palavras-chave:

currículo, aulas de educação física, escolas

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o relato dos professores de Educação Física de quatro escolas da rede estadual da cidade de Lavras - MG, sob o ponto de vista da Proposta Curricular do Estado, tendo como base a abordagem dos professores que trabalham ou trabalharam com o documento em questão. Foi utilizado como método, dentro das perspectivas da pesquisa qualitativa, o recurso de entrevista semiestruturada para levantar os aspectos mais relevantes que permeiam a Proposta Curricular e que são evidenciados nas aulas dos professores. De acordo com nossas análises, ressalta-se que há de se observar multilateralmente todos os aspectos que influem na implantação da Proposta Curricular, uma vez que dentro do Estado de Minas Gerais existem inúmeras particularidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, M. S. G.; FERREIRA, P. R.; MORAES, F. F. de.; BATISTA, N. J.; BALMACEDA, A. S. T. Possibilidades para pensar a educação física e seu caráter interdisciplinar. Revista Especial de Educação Física – Edição Digital, Uberlândia, n. 2, 2005.

AZEVEDO, E. S.; SHIGUNOV, V. Reflexões sobre as abordagens pedagógicas em Educação Física. In: A formação profissional e a prática pedagógica. Paraná: Midiograf, 2001. p. 77-94.

BARTHOLO, M. F. A construção do conhecimento e o projeto político-pedagógico da Educação Física. Pensar a Prática, Goiânia, vol. 3, p. 53-64, Jul./Jun. 1999-2000.

BETTI, I. C. R. Esporte na escola: mas é só isso, professor?. Motriz, Rio Claro, v.1, n.1, p. 25-31, junho/1999.

BETTI, I. C. R.; BETTI, M. Novas perspectivas na formação profissional em educação física. Motriz, Rio Claro, v. 2, Número 1, p. 10-15, Junho/1996.

BETTI, M. Educação Física como prática científica e prática pedagógica: reflexões à luz da filosofia da ciência. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte[online], São Paulo, v.19, n.3, p. 183-197, 2005.

COSTA, V. L. P.Função social da escola. Disponível em: <www.drearaguaina.com.br/projetos/funcao_social_escola.pdf>. Acesso em: 12 de outubro de 2011.

CUNHA, L. A. Os Parâmetros Curriculares para o Ensino Fundamental: convívio social e ética. Cad. Pesq., São Paulo, n.99, p.60-72, Nov. 1996.

FENSTERSEIFER, P. E.; GONZÁLEZ, F. J. Educação Física escolar: a difícil e incontornável relação teoria e prática. Motrivivência, Florianópolis, v. 19, n. 28, p. 27-37, jul. 2007.

GUIMARÃES, A. A.; PELLINI, F. C.; ARAÚJO, J. S. R. de.; MAZZINI, J. M. Educação Física Escolar: atitudes e valores. Motriz, Rio Claro, Vol. 7, n.1, p. 17-22, Jan/Jun. 2001.

LIMA, M. de.; LEMOS, M. F.; ANAYA, V. Currículo escolar e construção cultural: uma análise prática. Dialogia, São Paulo, v.5, p. 145-151, 2006.

MEDEIROS, A. S. Influências dos aspectos físicos e didáticos pedagógicos nas aulas de Educação Física em escolas municipais de Belém. Revista Científica da UFPA, Belém, v.7, n.1, 2009.

MINAS GERAIS. Proposta Curricular da Educação Física para o Ensino Fundamental – 6º ao 9º Ano. CBC. Minas Gerais: Secretaria de Estado de Educação, 2005.

MOREIRA, A. F.; SILVA, T. T. (Org). Sociologia e teoria crítica do currículo: uma introdução. In: Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez Editora, 1994.

NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. Educação Física, currículo e cultura. São Paulo: Phorte, 2009. 288 p.

NEVES, J. L. Pesquisa qualitativa – características, usos e possibilidades. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.1, n.3, 2º sem./1996.

NUNES, C. S. C. A função social da escola e sua relação com a avaliação escolar e objetivos de ensino. Trilhas, Belém, v.1, n.2, p. 56-65, nov./2000.

PLATAFORMA LATTES. Disponível em: <http://lattes.cnpq.br/> .Acesso em: 28 de outubro de 2011.

RODRIGUES, G. M. A avaliação na educação física escolar: caminhos e contextos. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, ano 2, n.2, p. 11-21, 2003.

ROSÁRIO, L. F. R.; DARIDO, S. C. A sistematização dos conteúdos da educação física na escola: a perspectiva dos professores experientes. Motriz, Rio Claro, v.11 n.3 p.167-178, set./dez, 2005.

SOUSA, E. S.; ALTMANN, H.; Meninos e meninas: expectativas corporais e implicações na educação física escolar. Cadernos Cedes, Campinas, ano 19, n.48, agosto/1999.

VEIGA, I. P. A. (Org). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção coletiva. In: Projeto Político Pedagógico da escola: uma construção possível. 24. ed. Campinas: Papirus, 2008.

____________. Inovações e projeto político-pedagógico: uma relação regulatória ou emancipatória? Cadernos Cedes, Campinas, v. 23, n. 61, p. 267-281, dez./2003.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2013-07-30

Como Citar

Reis, . F. P. G. dos ., Guimarães, P. I. ., & Machado, R. P. T. . (2013). PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA NA VISÃO DOS PROFESSORES DE LAVRAS-MG. Revista Mineira De Educação Física, 21(2), 116-148. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/revminef/article/view/10135