Educação domiciliar e direito à educação: a influência norte-americana no Brasil

  • Luciane Muniz Ribeiro Barbosa Universidade Estadual de Campinas
  • Natália Sartori Evangelista Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Educação domiciliar. Homeschooling. Direito à educação

Resumo

O artigo visa apresentar o movimento a favor da prática e regulamentação da educação domiciliar no Brasil, analisando-o em um contexto de incorporação da trajetória já percorrida para a legalização do homeschooling nos países da América do Norte. Mediante pesquisa bibliográfica e documental, foram analisadas as perspectivas: histórica (estratégias do movimento, argumentos e motivações para a prática); legal (propostas de legislação) e acadêmica (análise do resultado de pesquisas) sobre a temática da Educação Domiciliar nos dois países, bem como os desafios que esta vem apresentando para a concepção do direito à educação no Brasil. Os resultados apontam a incorporação da linguagem dos direitos humanos para defesa da regulamentação da prática no Brasil, bem como forte atuação de Associação em prol do movimento, além de outras ações já ocorridas na América do Norte, sem que, necessariamente, as diferenças educacionais, legais e culturais dos dois países sejam consideradas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane Muniz Ribeiro Barbosa, Universidade Estadual de Campinas
Docente no Departamento de Políticas, Administração e Sistemas Educacionais, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas.
Natália Sartori Evangelista, Universidade Estadual de Campinas
Pedagoga pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

ANDRADE, Édison Prado de. A educação familiar desescolarizada como um direito da criança e do adolescente: relevância, limites e possibilidades na ampliação do direito à educação. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo, 2014.

ANDRADE, Édison Prado de. Educação Domiciliar: encontrando o Direito. Pro-Posições, Campinas, v. 28, n. 2, ago. 2017.
ARAI, Bruce. Reasons for Home Schooling in Canada. Canadian Journal of Education. v. 25, n. 3, 2000.

AURINI, Janice, DAVIES, Scott. Choice without markets: homeschooling in context of private education. British Journal of Sociology Education. v. 26, n. 4, September 2005.

BARBOSA, Luciane Muniz Ribeiro. Ensino em casa no Brasil: um desafio à escola?. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo, 2013b.

BARBOSA, Luciane Muniz Ribeiro. Ensino em casa ou na escola? Respostas do Poder Judiciário brasileiro. Cadernos Cenpec, v. 3, 2013a.

BARBOSA, Luciane Muniz Ribeiro. Homeschooling no Brasil: Ampliação do Direito à Educação ou via de Privatização? Educação & Sociedade, v. 37, n. 134, mar. 2016.

BARBOSA, Luciane Muniz Ribeiro. Propostas que visam à legalização do ensino em casa no Brasil. Revista de Direito Educacional, v. 5, Ano 3, jun. 2012.

BASHAM, Patrick; MERRIFIELD, John; HEPBURN, Claudia. Rebanks. Home Schooling: From the Extreme to the Mainstream. Studies in Education Policy. The Fraser Institute, October 2007.

BOUDENS, Emile. Ensino em casa no Brasil. Brasília: Câmara dos Deputados, 2002.

CELETI, Filipe Rangel. Educação não obrigatória: uma discussão sobre o estado e o mercado. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2011.

DAVIES, Scott; AURINI, Janice. Homeschooling and Canadian Educational Politics: rights, pluralism and pedagogical individualism. Evaluation & Research in Education, v. 17, issue 2 - 3, May 2003.

GAITHER, Milton. Homeschool: An American History. New York, NY: Palgrave Macmillan, 2008.

GAITHER, Milton. Homeschooling in the USA: Past, present and future. Theory and Research in Education, v. 7, n. 3, November 2009.

KLOH, Fabiana Ferreira Pimentel. Homeschooling no Brasil: a legislação, os projetos de lei e as decisões judiciais. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Católica de Petrópolis. Petrópolis: RJ, 2014.

KUNZMAN, Robert. Education, Schooling, and Children’s Rights: the Complexity of Homeschooling. Educational Theory, v. 62, n. 1, February 2012.

LUBIENSKI, Chris. Whither the Common Good? A Critique of Home Schooling. Peabody Journal of Education, v. 75, n. 1-2, 2000.

MONK, Daniel. Regulating home education: negotiating standards, anomalies and rights. Child and Family Law Quarterly, v. 21, n. 2, 2009.

MORAN, Courtenay E. How to Regulate Homeschooling: Why History Supports the Theory of Parental Choice. University of Illinois Law Review, n. 3, 2011.

RAY, Brian D. 2.04 Milion Homeschool Student in the United States in 2010. National Home Education Research Institute, 2011

RAY, Brian D. Homeschooling grows up. National Home Education Research Institute, 2004.

REICH Rob. Testing the boundaries of parental authority over education: the case of homeschooling. Political and Moral Education, NOMOS XLIII. New York University Press, 2002.

RIEGEL, Sarah. The homeschooling movement and the struggle for democratic education. Studies in Political Economy, v. 65, 2001.

VAN PELT, Deani A. Neven; ALLISON, Patricia A.; ALLISON, Derek J. Fifteen Years Later: Home-Educated Canadian Adults. Canadian Centre for Home Education, 2009.

VASCONCELOS, Maria Celi Chaves. A Casa e os seus Mestres: a Educação no Brasil de Oitocentos. Rio de Janeiro: Gryphus, 2005.

VASCONCELOS, Maria Celi Chaves; MORGADO, José Carlos Bernardino Carvalho. Desafios à escolarização obrigatória: a inserção do homeschooling na legislação educacional no Brasil e em Portugal. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 30, n. 1, jan. 2014.

VIEIRA, André de Holanda Padilha. “Escola? Não, obrigado”: Um retrato da homeschooling no Brasil. Monografia (Graduação). Instituto de Ciências Sociais. Universidade de Brasília, 2012.

WEST, Robin L. The Harms of Homeschooling. The Institute for Philosophy and Public Policy, v. 29, n. 3-4, Summer/Fall, 2009.

YURACKO Kimberly A. Education off the Grid: Constitutional Constraints on Homeschooling. California Law Review, 96 CAL. L. REV. 123, 2008.
Publicado
2017-12-31
Como Citar
Barbosa, L. M. R., & Evangelista, N. S. (2017). Educação domiciliar e direito à educação: a influência norte-americana no Brasil. Educação Em Perspectiva, 8(3), 328-344. https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v8i3.907