rtilizante nitrogenado de liberação controlada nas características agronômicas... EFICIÊNCIA DO FERTILIZANTE NITROGENADO DE LIBERAÇÃO CONTROLADA NAS CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS E PRODUÇÃO DE SEMENTES DO QUIABEIRO

Pablo Fernando Santos Alves, Marcos Koiti Kondo, Gabriel Belfort Rodrigues, Rodinei Facco Pegoraro, Andréia Márcia Santos de Souza David, Igor Santos Alves

Resumo


A produção de sementes de quiabo em quantidade e qualidade demanda adubações nitrogenadas frequentes, cujas perdas podem ser reduzidas com fertilizantes de liberação controlada. Nesse sentido, foram avaliadas as características agronômicas e a produção de quiabo cultivar Santa Cruz 47 após a adubação nitrogenada com ureia de liberação controlada e ureia convencional. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições e tratamentos arranjados em esquema fatorial 2x5+2, sendo duas fontes de nitrogênio (ureia convencional e ureia com polímero de liberação controlada) e cinco doses de adubação (48, 72, 96, 120 e 144 kg.ha-1), mais dois tratamentos testemunhas (sem aplicação de nitrogênio e uma fonte de ureia com polímero de liberação controlada com 100% de ureia revestida). As variáveis analisadas foram a altura final de plantas, altura de inserção do primeiro fruto, número de frutos por planta, número de dias da antese a colheita, produtividade de sementes. O uso de ureia com polímero de liberação controlada em solos com elevado teor de matéria orgânica retarda a ocorrência do estádio fenológico de colheita dos frutos destinados à produção de sementes. A produção de frutos por plantas e a produtividade de sementes foram reduzidas com o aumento das doses de nitrogênio aplicadas.

Palavras-chave


Abelmoschus esculentus;adubação nitrogenada;tecnificação na agricultura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v8i2.465

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317