QUALIDADE PÓS-COLHEITA DE CEBOLA 'ATACAMA' PRODUZIDA COM DIFERENTES DOSAGENS DE NITROGÊNIO

  • Acácio Figueiredo Neto UNIVASF
  • Rodrigo Andrade Teixeira UNIVASF
  • George Ricardo Libório Bandeira UNIVASF
  • Nelson Cárdenas Olivier UNIVASF

Resumo

A cebola é uma cultura economicamente importante para o Brasil e a sua produção vem crescendo em várias regiões do país. A região Nordeste utiliza sementes de cebola de qualidade inferior que outras regiões do Brasil, e isto faz com que a produção seja menor. A região do Vale do São Francisco é considerada de grande potencial agrícola e diversos empresários estão investindo em agricultura. Por isso pesquisadores desenvolvem variedades de cebolas para se adaptar as condições do semiárido nordestino. Este trabalho teve como objetivo avaliar as condições físicas e químicas da cebola híbrida ‘Atacama’, produzida na estação experimental da EMBRAPA em Mandacaru, Juazeiro – BA. Os experimentos foram realizados no laboratório de armazenamento de produtos agrícolas do Colegiado de Engenharia Agrícola e Ambiental da UNIVASF onde se observou que os bulbos armazenados em temperatura refrigerada possuem perda de massa menor que frutos armazenados em temperatura ambiente. A cor da cebola após 30 dias de armazenamento escurece e a firmeza diminui à medida que o fruto fica armazenado. Não houve variações na qualidade da cebola em pós-colheita com a variação de dosagem de 120 kg/ha e 70 kg/ha de nitrogênio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Acácio Figueiredo Neto, UNIVASF
Professor do Departamento de Engenharia Agrícola da UNIVASF
Rodrigo Andrade Teixeira, UNIVASF
Bolsista e aluno do curso de Engenharia Agrícola da UNIVASF.
George Ricardo Libório Bandeira, UNIVASF
Pesquisador da EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola).
Nelson Cárdenas Olivier, UNIVASF
Professor do Departamento de Engenharia Mecânica da UNIVASF.
Publicado
2014-07-01
Como Citar
Neto, A. F., Teixeira, R. A., Bandeira, G. R. L., & Olivier, N. C. (2014). QUALIDADE PÓS-COLHEITA DE CEBOLA ’ATACAMA’ PRODUZIDA COM DIFERENTES DOSAGENS DE NITROGÊNIO. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 4(1). https://doi.org/10.21206/rbas.v4i1.239
Seção
Artigos