AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE PASTAGENS NO CERRADO BRASILEIRO POR MEIO DE GEOTECNOLOGIAS

Ricardo Guimarães Andrade, Édson Luis Bolfe, Daniel de Castro Victoria, Sandra Furlan Nogueira

Resumo


O bioma Cerrado abrange 203,4 milhões de hectares (24% do território nacional); desse total, cerca de 55 milhões de hectares são cultivados com pastagens. Este estudo objetivou avaliar as condições das pastagens cultivadas em municípios de abrangência do bioma Cerrado. Foram aplicadas técnicas de geoprocessamento e séries temporais de dados NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) gerada a partir de imagens do sensor Spot-Vegetation. Foram consideradas nas avalições os municípios com mais de 10.000 hectares de pastagens cultivadas. As análises indicaram que 173 municípios estão com mais de 50 % de suas pastagens cultivadas sob algum processo de degradação. Em geral, conclui-se que o uso de séries temporais de NDVI constitui em
importante parâmetro biofísico para aplicação de metodologias de avaliação das condições das pastagens do bioma Cerrado e corroboram para análises de inteligência territorial estratégica voltadas para o planejamento e a implementação de ações público-privadas de recuperação do potencial produtivo das áreas de pastagens em escala municipal.


Palavras-chave


pecuária; sensoriamento remoto; planejamento rural; políticas públicas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v7i1.376

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317