PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOLO EM FUNÇÃO DE DIFERENTES MANEJOS DE PASTAGEM

Bruno Eustáquio Cirilo Silva, Eduardo Ferreira Medina, Marlinda Rufina Jolomba

Resumo


As propriedades físicas do solo são importantes indicadores de sua qualidade, visto que as plantas necessitam de solos bem estruturados para seu adequado desenvolvimento. Objetivou-se avaliar as propriedades físicas do solo sob diferentes condições de manejo. O experimento foi realizado em São Mateus-ES. As propriedades avaliadas foram: densidade do solo, resistência à penetração, porosidade total, diâmetro médio geométrico, macro e micro porosidade, teor de matéria orgânica, argila dispersa em água, umidade na capacidade de campo e umidade atual do solo. As avaliações foram feitas nas profundidades de 0-5 e de 5-20 cm, em áreas pastejo rotacionado e de pastagem degradada. Os dados oriundos dos diferentes sistemas foram submetidos a análise estatística pelo teste T de Student a 5 % de probabilidade. A densidade do solo, resistência do solo à penetração, porosidade total e macroporosidade foram sensíveis a ação do pisoteio animal na superfície. O diâmetro médio geométrico e o teor de matéria orgânica variaram pouco entre os tratamentos na camada superficial. Houve uma compensação nos atributos físicos que refletem a capacidade de retenção de água no solo, resultando em umidade na capacidade de campo semelhante para o pastejo rotacionado e a pastagem degradada.

Palavras-chave


Compactação; Área degradada; Pisoteio animal;Capim Mombaça; Capim Marandu.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v7i3.418

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317