SILICATO DE CÁLCIO NO CONTROLE DE MELOIDOGYNE JAVANICA EM PEPINEIRO EM DIFERENTES TEXTURAS DE SOLO

Bruna Hanielle Carneiro dos Santos, Regina Cássia Ferreira Ribeiro, Rodrigo Mendes Oliveira, Adelica Aparecida Xavier, Leandro de Souza Rocha, José Augusto dos Santos Neto, Cláudia Regina Dias-Arieira, Edson Hiydu Mizobutsi

Resumo


Os nematoides do gênero Meloidogyne são responsáveis por perdas elevadas no pepineiro em campo e cultivo protegido. Devido a ausência de cultivares resistentes, o uso de silicato de cálcio pode ser uma alternativa para o controle dos nematoides. Objetivou-se avaliar a eficiência de diferentes doses de silicato de cálcio em solo de textura arenosa e argilosa no controle de M. javanica em pepineiro. Para a avaliação do efeito das doses de silicato de cálcio no controle de M. javanica em pepino de conserva em solo arenoso foram avaliadas quatro doses de silicato de cálcio, 0 (testemunha), 1: 0,5g.kg-1, 2: 0,8g.kg-1, 3:1,1g.kg-1 de solo. Para a avaliação em solo argiloso utilizou-se as seguintes doses: 0 (testemunha), 0,2 g.kg-1, 0,5 g. kg-1, 0,8 g.kg-1. O delineamento estatístico foi em blocos ao acaso com cinco repetições e cada repetição composta por dois vasos, para os dois ensaios. Com relação ao número de juvenis de segundo estádio (J2) por 100 cm3 de solo no ensaio realizado em solo arenoso constatou-se redução de 74,29% na dose de 1,1g/kg de solo quando comparado a testemunha. No ensaio em solo argiloso foi observado efeito significativo das doses de silicato de cálcio na redução do número de ovos. Não houve efeito sobre o desenvolvimento da planta.


Palavras-chave


Cucumis sativus, silício, nematoide das galhas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v8i1.469

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317