OCORRÊNCIA E CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FIBROIDIUM EMILIAE-SONCHIFOLIAE EM PLANTAS DE EMILIA SONCHIFOLIA EM IPAMERI, GOIÁS

Palavras-chave: hospedeiro alternativo, plantas daninhas, micologia

Resumo

O conhecimento das doenças das plantas e seus respectivos agentes causais é importante quando se pensa na adoção de medidas para o manejo integrado e no aumento da produtividade. O objetivo deste trabalho caracterizar o agente causal do oídio ocorrente em plantas de falsa serralha (Emilia sonchifolia) proveniente de áreas adjacentes aos campos experimentais de horticultura do campus universitário da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Ipameri, Brasil. Após inspeções nas áreas mencionadas, folhas de E. sonchifolia exibindo sintomas de oídio foram levadas ao Laboratório de Fitopatologia da UEG e examinadas em estereomicroscópio para caracterização dos sintomas e posterior raspagem das estruturas do fungo para confecção de lâminas semi-permanentes. Em seguida, realizou-se o registro de imagens e a caracterização morfológica de conídios, pela medição de 30 estruturas em microscópio de luz. O comprimento médio de conídios encontrados em falsa serralha foi de 27,8 x 12,7 µm, cuja média da relação comprimento/largura (C/L) foi de 2,1. Os dados obtidos foram suficientes para cofirmar o agente cuasal do oídio em sua fase anamórfica, utilizando plantas de E. sonchifolia como hospedeiro alternativo da doença. Este é o primeiro relato da ocorrência de Fibroidium emiliae-sonchifoliae em E. sonchifolia no Estado de Goiás.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Henrique Silva Peixoto, Universidade Estadual de Goiás
Universidade Estadual de Goiás
Camila Vilela Vasconcelos, Universidade Estadual de Goiás
Universidade Estadual de Goiás
Maysa Pereira Martins Teixeira, Universidade Estadual de Goiás
Universidade Estadual de Goiás
Thiago Alves Santos de Oliveira, Universidade Estadual de Feira de Santana
Universidade Estadual de Feira de Santana
Daniel Diego Costa Carvalho, Universidade Estadual de Goiás
Universidade Estadual de Goiás

Referências

BARGUIL, B.M.; VIANA, F.M.P.; SARAIVA, H.A.O. Ocorrência de oídio em Zinnia elegans no Estado do Ceará. Summa Phytophatologica, Botucatu, v.33, n.4, p.421, 2007.

BEDENDO, I.P. Oídios. In: AMORIM, L.; REZENDE, J.A.M.; BERGAMIM FILHO, A (Org.). Manual de Fitopatologia: Princípios e Conceitos. 4. ed. v.1. São Paulo: Agronômica Ceres, 2011, p.473-477.

BRAUN, U.; COOK, R.T.A. Taxonomic of the erysiphales (Powdery Mildews). CBS Biodiversity Series, v.11, p.1-707, 2012.

COUTO, V.M.; VILELA, F.C.; DIAS, D.F. et al. Antinociceptive effect of extract of Emilia sonchifolia in mice. Journal of Ethnopharmacology, Lausanne, v.134, p.348-353, 2011.

FERREIRA, D.F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.35, n.6, p.1039-1042, 2011.

FERREIRA, E.A.; PROCÓPIO, S.O.; SILVA, E.A.M. et al. Estudos anatômicos de folhas de espécies de plantas daninhas. II - Bidens pilosa, Emilia sonchifolia, Ageratum conyzoides e Sonchus asper. Planta daninha, Viçosa, v.20, n.3, 2002.

GONZALES, G.C.; CATANEO, A.C.; FIORI, M.S. et al. Pigmentos fotossintéticos em clones de seringueira sob ataque de oídio. Ciência Florestal, Santa Maria, v.23, n.3, p.499-506, 2013.

LIMA, C.S.; SOUZA, P.E.; BOTELHO, A.O. Fungos da família Pucciniaceae causadores de ferrugem em plantas medicinais. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v.29, n.5, p.499-503, 2004.

LIMA, J.S.; MOREIRA, R.C.; CARDOSO, J.E. et al. Caracterização cultural, morfológica e patogênica de Lasiodiplodia theobromae associado a frutíferas tropicais. Summa Phytopathologica, Botucatu, v.39, n.2, p.81-88, 2013.

LIYANAGE, K.K.; KHAN, S.; MORTIMER, P.E. et al. Powdery mildew disease of rubber tree. Forest Pathology, Aberdeen, v.46, p.90-103, 2016.

MILÉO, L.J.; SILVA, J.F.; BENTES, J.L.S. et al. Plantas daninhas hospedeiras alternativas de Colletotrichum guaranicola em cultivos de guaraná no Estado do Amazonas. Planta Daninha, Viçosa, v.25, n.4, p.771-782, 2007.

PARK, M.J.; CHO, S.E.; PARK, J.H. et al. First Report of Powdery Mildew Caused by Oidium hortensiae on Mophead Hydrangea in Korea. Plant Disease, Saint Paul, v.96, n.7, p.1072, 2012.

RABELO, H.O.; SANTOS, L.S.; DINIZ, G.M.M. et al. Cucurbits powdery mildew race identify and reaction of melon genotypes. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v.47, n.4, p.440-447, 2017.

ROSA, D.D.; BASSETO, M.A.; OHTO, C.T. et al. Ocorrência de Oídio (Oidium caesalpiniacearum Hosag & W. Braum) em Pata de Vaca (Bauhinia forficata link.) no Brasil. Summa Phytopathologica, Botucatu, v.34, n.2, p.196, 2008.

SEVEROGLU, Z.; OZYIGIT, I. I. Powdery mildew disease in some natural and exotic plants of Istanbul, Turkey. Pakistan Journal of Botanic, v.44, p.387-393, 2012.

TUMURA, K.G.; PIZETTA, M.; SILVA, L.L. et al. Avaliação de clones de seringueira quanto à resistência ao oídio. Summa Phytopathologica, Botucatu, v.39, n.4, p.252-257, 2013.

VALARINI, P.J.; SPADOTTO, C.A. Identificação de nichos de sobrevivência de fitopatógenos em áreas irrigadas em Guairá, SP. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.30, n.10, p.1239-1243, 1995.

WHIPPS, J.M.; BUDGE, S. P.; FENLON, J. S. Characteristics and host range of tomato powdery mildew. Plant Pathology, Oxford, v.47, p.36–48, 1998.

YAMASHITA, O.M.; GUIMARÃES, S.C.; SILVA, J.L. et al. Fatores ambientais sobre a germinação de Emilia Sonchifolia. Planta Daninha, Viçosa, v.27, n.4, p.673-681, 2009.

ZHAO, G.; LI, D.; XI, G. First report of powdery mildew caused by Oidium cassiae-siameae on Cassia corymbosa. Mycosystema, v.29, n.6, p.869-873, 2010.
Publicado
2018-12-11
Como Citar
Silva Peixoto, G. H., Vilela Vasconcelos, C., Pereira Martins Teixeira, M., Alves Santos de Oliveira, T., & Costa Carvalho, D. D. (2018). OCORRÊNCIA E CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FIBROIDIUM EMILIAE-SONCHIFOLIAE EM PLANTAS DE EMILIA SONCHIFOLIA EM IPAMERI, GOIÁS. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 8(3). https://doi.org/10.21206/rbas.v8i3.3037
Seção
Artigos