A pandemia da COVID-19 e a necropolítica à brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32361/2021130111391

Palavras-chave:

Pandemia, COVID-19, Brasil, Presidente da República, Necropolítica

Resumo

Em dezembro de 2019, na China, foi identificada a transmissão de um novo coronavírus, denominado SARS-CoV-2 (COVID-19), e em março de 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou situação de pandemia. Nesse contexto, enquanto as autoridades internacionais adotavam as recomendações da OMS, o chefe do Executivo brasileiro, indo na contramão, adotou um discurso negacionista, minimizando a crise sanitária e incentivando o fim do isolamento social. Desde então, tem-se desenvolvida uma pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico, construída com base em livros, revistas, artigos científicos, matérias jornalísticas, entre outras produções para a construção do presente artigo. Pode-se concluir, então, que as ações do presidente do Brasil e dos seguidores dele diante da pandemia da COVID-19 escancaram a perversidade da necropolítica, que coloca a economia em uma posição de maior importância do que a vida da população brasileira, o que implícita que a população é considerada como sendo formada por pessoas descartáveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cinthya Raquel de Moura Sousa, Centro Universitário Santo Agostinho

Especialista em Informática na Educação pelo Centro de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Pedagoga pela UFPI. Acadêmica do curso de Direito no Centro Universitário Santo Agostinho. E-mail: cinthya.raqu3l@gmail.com.

Referências

ALVES, Karlos. E daí? A necropolítica da pandemia no Brasil. Canal Ciências Criminais. Disponível em: https://canalcienciascriminais.com.br/e-dai-a-necropolitica-da-pandemia-no-brasil/. Acesso em: out. 2020.

BARDI, Giovanna et al. Pandemia, desigualdade social e necropolítica no brasil: reflexões a partir da terapia ocupacional social. REVISBRATO – Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional, v. 4, n. 5, 2020, p. 496-508. eISSN: 2526-3544.

BRASIL. Constituição da República de 1988. Brasília-DF: Presidente da República, 1988.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Subsecretaria de Assuntos Administrativos. SUS: A saúde do Brasil. Brasília-DF: Editora do Ministério da Saúde, 2011.

CALMON, Tricia Viviane Lima. As condições objetivas para o enfrentamento ao COVID-19: abismo social brasileiro, o racismo, e as perspectivas de desenvolvimento social como determinantes. Revista NAU Social, v. 11, n. 20, 2020, p. 131-136. ISSN: 2237-7840.

CAMPOS, Gastão Wagner de Sousa. O pesadelo macabro da Covid-19 no Brasil: entre negacionismos e desvarios. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 18, n. 3, 2020. eISSN: 1981-7746.

COSTA, Rain Mateus Castelo Branco. Implicaciones penales em el control de epidemias. Revista Jurídica del GRED-UNIBE, IX Edicio?n, ago. 2020, p. 11-13. ISSN: 2518-2439.

DA COSTA, Jaqueline Sério; DA SILVA, Clayton Fonseca; BRANDÃO, Eric Scapim Cunha; BICALHO, Pedro Paulo Gastalho. COVID-19 no sistema prisional brasileiro: da indiferença como política à política de morte. Psicologia & Sociedade, v. 32, 2020, p. 1-19. ISSN: 1807-0310.

DINO, Flávio. Coronavírus e fascismo: patologias que desafiam o Brasil. In: TOSTES, Anjuli; MELO FILHO, Hugo (Organizadores). Quarentena: reflexões sobre a pandemia e depois. 1 ed. Bauru: Canal 6 Editora, 2020.

FURTADO, Rafael Nogueira; CAMILO, Juliana Aparecida de Oliveira. O conceito de biopoder no pensamento de Michel Foucault. Revista Subjetividades, 2016, p. 33-44, eISSN: 2359-0777.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Organizadoras). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GRISOSKI, Daniela Cecilia; PEREIRA, Bruno César. Da biopolítica à necropolítica: notas sobre as formas de controles sociais contemporâneas. Revista Espaço Acadêmico, n. 224, ano XX, 2020, p. 199-208. ISSN: 1519.6186.

LÖWY, Michael. “Gripezinha”: O neofascista Bolsonaro diante da pandemia. In: TOSTES, Anjuli; MELO FILHO, Hugo (Organizadores). Quarentena: reflexões sobre a pandemia e depois. 1 ed. Bauru: Canal 6 Editora, 2020.

MARTINS, Pedro. Por que a COVID-19 é mais mortal para a população negra? – Artigo de Edna Araújo e Kia Caldwell. ABRASCO – Associação Brasileira de Saúde Coletiva. Disponível em: <https://www.abrasco.org.br/site/gtracismoesaude/2020/07/20/por-que-a-covid-19-e-mais-mortal-para-a-populacao-negra-artigo-de-edna-araujo-e-kia-caldwell/>. Acesso em set. 2020.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. Revista Arte & Ensaios, n. 32, 2016, p. 122-151. e-ISSN: 2448-3338.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Organizadora). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2007.

NAVARRO, Joel Hirtz do Nascimento; SILVA, Mayara Ciciliotti da; SIQUEIRA, Luziane de Assis Ruela; ANDRADE, Maria Angélica Carvalho. Necropolítica da pandemia pela COVID-19 no Brasil: quem pode morrer? Quem está morrendo? Quem já nasceu para ser deixado morrer?, 2020.

OPAS. Organização Pan-Americana de Saúde. Folha Informativa COVID-19, 2020. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19. Acesso em out. 2020.

PRIOLI, Gabriela. Somos governados pela quarta série. Folha de S. Paulo: colunas e blogs, 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/gabriela-prioli/2020/08/somos-governados-pela-quarta-serie.shtml. Acesso em nov. 2020.

RABINOW, Paul; ROSE, Nikolas. O conceito de biopoder hoje. Revista de Ciências Sociais, n. 24, 2006, p. 27-57. ISSN: 0104-8015.

RODRIGUES, Marli. O ministro da Saúde que não conhece o SUS. SindSaúde, 08 de outubro de 2020. Disponível em: https://sindsaude.org.br/noticias/colunas/no-closet/o-ministro-da-saude-que-nao-conhece-o-sus/. Acesso em out. 2020.

SAFATLE, Vladmir. Bem-vindo ao estado suicidário. In.: TOSTES, Anjuli; MELO FILHO, Hugo (Organizadores). Quarentena: reflexões sobre a pandemia e depois. 1 ed. Bauru: Canal 6 Editora, 2020.

SANTOS, Hebert Luan Pereira Campos dos et al. Necropolítica e reflexões acerca da população negra no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil: uma revisão bibliográfica. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, 2020, p. 4211-4224. ISSN 1413-8123.

SEIXAS, Rogério Luis da Rocha. Da biopolítica a necropolítica e a racionalidade neoliberal no contexto do COVID-19. VOLUNTAS – Revista Internacional de Filosofia, v. 11, ed. 50, 2020, p. 1-11. ISSN 2179-3786.

SEVERINO, Valdete Souto. Sobre a COVID-19 e as nossas escolhas. In: TOSTES, Anjuli; MELO FILHO, Hugo (Organizadores). Quarentena: reflexões sobre a pandemia e depois. 1 ed. Bauru: Canal 6 Editora, 2020.

SILVA, Carlos Matheus Alves da. COVID-19 e necropolítica na conjuntura brasileira. In: Boletim de Conjuntura - BOCA. Ano II, v. 2, n. 6, 2020, p. 70-85. ISSN: 2675-1488.

SILVA, Eliane Alves da; SILVA, Marcelo Martins da. O Brasil frente à pandemia de COVID-19: da bio à necropolítica. CONFLUÊNCIAS – Revista Interdisciplinar de Sociologia e Direito, v. 22, n. 2, 2020, p. 361-383. ISSN: 1678-7145.

SILVA, Roberta D. F. C.; GONÇALVES, Leandro A. P. As pílulas do Messias: salvação, negação e política de morte em tempos de pandemia. PHYSIS: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, n. 30, n. 2, 2020. ISSN: 1809-4481.

SOUSA, Cinthya Raquel de Moura. A seletividade da justiça criminal: um reflexo do racismo no sistema penal brasileiro e a teoria do labeling approach. Boletim Conteúdo Jurídico, ano XII, n. 969, 2020, p. 299-334. ISSN: 1884-0454.

TAVARES, Leonardo Pereira Tavares; OLIVEIRA JÚNIOR, Francisco Lima de Oliveira Júnior; MAGALHÃES, Marina Magalhães. Análise dos discursos do Presidente Jair Bolsonaro em meio à pandemia: o coronavírus é só uma “gripezinha”?. Research, Society and Development, v. 9, n. 7, 2020. ISSN: 2525-3409.

TEIXEIRA, Alex Tajra e Lucas Borges. “Tem medo do quê? Enfrenta”: Lembre frases de Bolsonaro durante a pandemia. Notícias UOL: coronavírus, 2020. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/08/08/bolsonaro-pandemia-100-mil-mortes-fala.htm/. Acesso em out. 2020.

ZYLBERKAN, Mariana; CAMPOS, João Pedroso de. Queda de dois ministros em apenas um mês deixa Saúde à deriva. Revista Veja, 22 de maio de 2020. Disponível em: https://veja.abril.com.br/politica/queda-de-dois-ministros-em-apenas-um-mes-deixa-saude-a-deriva/. Acesso em out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-02-08

Como Citar

SOUSA, C. R. de M. A pandemia da COVID-19 e a necropolítica à brasileira. Revista de Direito, [S. l.], v. 13, n. 01, p. 01-27, 2021. DOI: 10.32361/2021130111391. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/revistadir/article/view/11391. Acesso em: 7 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos de fluxo contínuo