Adoção do moodle por professores universitários na perspectiva da teoria ator-rede

Palavras-chave: Redes sociotécnicas, Teoria ator-rede - ANT, Práticas pedagógicas

Resumo

Muitas Instituições do Ensino Superior vêm adotando o Moodle como apoio ao ensino presencial tendo como referência as práticas pedagógicas da Educação a Distância (EaD). Contudo, como as condições da EaD diferem das do ensino presencial, os modos de apropriação da inovação também divergem. Para conhecer as condições e em que medida ocorre o processo de adoção do Moodle foi realizado um estudo de caso longitudinal de cinco anos na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A pesquisa contou com variados instrumentos (questionários, entrevistas, observação de disciplinas e análise de relatórios institucionais). Mesclando preceitos e metodologias das teorias ator-rede e difusão de inovações conseguiu-se ampliar a visão dos caminhos percorridos pelos actantes e chegar à conclusão que o Moodle vem sendo usado pelos professores adotantes. No entanto, a grande maioria não usa os seus recursos para estender as aprendizagens da sala de aula para antes, durante e depois do encontro presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Melo Bortolato, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

Doutora em Educação na linha Educação e Comunicação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Dulce Márcia Cruz, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora Associada da Universidade Federal de Santa Catarina. Líder do Grupo de Pesquisa EDUMÍDIA: Educação, Comunicação e Mídias no CNPq.

Referências

BORTOLATO, M. M. (2016). Inovação e práticas pedagógicas: o Moodle no ensino presencial da Universidade Federal de Santa Catarina. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UFSC) - Universidade Federal de Santa Catarina.

MANO, M. L. C.; CRUZ, D. M. (2016). As práticas e linguagens da cultura digital na educação: uso do Moodle e letramento midiático de professores de uma universidade pública. RENOTE. Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 14, p. 1-10. Acesso em: fev 2017 em: https://periodicos.utfpr.edu.br/rtr/article/view/3880/3305

HADDAD, M. (2013). Ambientes virtuais de aprendizagem (AVAS) no ensino presencial e semipresencial de graduação da UFSJ. 138f. Dissertação - Departamento de Educação, Universidade Federal de São João Del-Rei. Acesso em: mai. 2016 em:

LATOUR, B. (2001). A Esperança de Pandora. Bauru, SP: EDUSC.

__________. (2001). Reagregando o Social. Uma Introdução à Teoria do Ator-Rede. Salvador: Edufba, 2012; Bauru: Edusc.

PEDRO, R. M. L. R. (2008). Redes e Controvérsias: ferramentas para umas Informações bibliográficas: cartografia da dinâmica psicossocial. In: VII Esocite -Jornadas Latino-Americanas de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias, Rio de Janeiro, 2008. Acesso em: mar. 2015 em: .

PINTO, C. C.; DOMENICO, S. M. R. (2014). Teoria Ator-Rede em Estudos Organizacionais: Encontrando Caminhos via Cartografia de Controvérsias. VII Encontro de Estudos Organizacionais da ANPAD, Gramado, 2014.

ROGERS, E. M. (2003). Diffusion of innovations. New York: Free Press.

SECOM (2015). Pesquisa Brasileira de Mídia 2015: Hábitos de consumo de mídia pela população brasileira. Secretaria de comunicação social da presidência da república. Acesso em: abr. 2016 em: http://www.secom.gov.br/atuacao/pesquisa/lista-de-pesquisas-quantitativas-e-qualitativas-de-contratos-atuais/pesquisa-brasileira-de-midia-pbm-2015.pdf

TALIS (2013) TECHNICAL REPORT, Publicação do Portal INEP. Acesso em: abr. 2016 em:

TANAKA, E. (2015). Professor: as dificuldades para utilizar a tecnologia dentro da sala de aula das escolas públicas brasileiras. NIC.br - Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. Materia publicada em jun. 2015. Acesso em un. em:
Publicado
2019-12-24
Como Citar
Bortolato, M. M., & Cruz, D. M. (2019). Adoção do moodle por professores universitários na perspectiva da teoria ator-rede. Educação Em Perspectiva, 10, e019032. https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v10i0.7093
Seção
Pesquisas