Escola Municipal Pingo de Gente: descobrindo africanidades e redescobrindo identidades

  • Lidiane Campos Villanacci Universidade Federal De São João Del Rei
  • Manuel Jauará Universidade Federal de São João Del Rei

Resumo

O Programa de Extensão em História e Cultura Afrobrasileira e Africana vem durante a sua trajetória promovendo ações de extensão em escolas do município de São João Del Rei. Refletir sobre a concepção elementar do continente africano prevalecente, desconstruir a visão estereotipada do negro nos livros didático-infantis e resgatar a autoestima das crianças negras em fase de alfabetização em particular na Escola Municipal Pingo de Gente foram umas das ações realizadas no ano de 2014. Através de intervenções de cunho socioeducativos, utilizando de pesquisa participante, o presente trabalho procura apresentar e discutir como o projeto de extensão procurou trabalhar estudos das africanidades e relações étnico-raciais dentro de classes escolares  primárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiane Campos Villanacci, Universidade Federal De São João Del Rei
Graduanda do curso de Psicologia Integral da Universidade Federal de São João Del Rei
Manuel Jauará, Universidade Federal de São João Del Rei

Professor associado III no Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São João Del Rei

Publicado
2017-04-01
Como Citar
Villanacci, L. C., & Jauará, M. (2017). Escola Municipal Pingo de Gente: descobrindo africanidades e redescobrindo identidades. Revista ELO – Diálogos Em Extensão, 6(1). https://doi.org/10.21284/elo.v6i1.206
Seção
Artigos