RESÍDUOS COMPOSTADOS COMO SUBSTRATO PARA PRODUÇÃO DE PETUNIA X HYBRIDA

Cesar Augusto Zanello, Jean Carlos Cardoso

Resumo


A transformação de resíduo em tecnologia deve ser uma prioridade atual no setor agrícola, diminuindo o descarte inadequado e recuperando parte daquilo que é produzido e que pode retornar como nutriente as plantas. O presente trabalho teve por objetivo buscar uma solução viável de uso de resíduos vegetais como a poda de grama, o bagaço de cana e o esterco bovino como substrato para o cultivo de plantas. Os resíduos utilizados foram compostados, e utilizados como substratos para a produção de petúnia, uma espécie ornamental. Como controle foram utilizados substratos comerciais a base de pó de coco (PC) e de casca de pinus (CP). Após as mudas atingirem o ponto de transplantio, essas foram transplantadas para vasos plásticos com o mesmo substrato utilizado na produção da muda, mantendo os tratamentos. Os melhores substratos obtidos para o cultivo de petúnias em vasos foram o PG e CP, considerando ambos os aspectos dos desenvolvimentos vegetativo e reprodutivo. Esses resultados mostram o alto potencial de uso da poda de grama como substrato para a horticultura, sendo uma alternativa principalmente em sistemas sustentáveis de produção, por não necessitarem de fertilização complementar durante o cultivo. 


Palavras-chave


espécie ornamental; compostagem; produção de mudas; desenvolvimentos vegetativo e reprodutivo; agroecologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v6i3.351

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317