Uso de dejeto bovino como forma de aumentar crescimento e produção de matéria seca do consórcio aveia preta e nabo forrageiro

  • Anderson Cesar Ramos Marques Universidade Federal de Santa Maria
  • Laudenir Juciê Basso Universidade Federal de Santa Maria
  • Eloir Missio Universidade Federal do Pampa
  • Rodrigo Holz Krolow Universidade Federal do Pampa
  • Robson Botta Universidade Federal de Pelotas
  • Edson Luis Rigodanzo Universidade Federal do Pampa
Palavras-chave: Avena strigosa, Raphanus sativus, adubação verde, cobertura de inverno.

Resumo

O cultivo de plantas para cobertura de solo é um dos principais fatores de sucesso no sistema de plantio direto, entretanto, existem poucos estudos relacionados à fertilização das espécies cultivadas para esse fim. Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência da adubação com dejeto de bovinos leiteiros e fertilização mineral no consórcio de aveia preta e nabo forrageiro. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, com os seguintes tratamentos: sem adubação; adubação mineral; adubação organomineral (50% mineral e 50% orgânica) e adubação orgânica. Foram avaliados o número de folhas e afilhos das planta, altura da planta e produção de matéria seca. As formas de adubação não apresentaram diferença estatística entre si, diferindo apenas em relação à testemunha, para todas as variáveis estudadas. Apresentando valores entre 4,5 a 5,1 em aveia preta para o número de afilhos. Valores de 15,5 a 17,7, e 9,7 a 12,0 para o número de folhas de aveia preta e nabo forrageiro, respectivamente. A produção de matéria seca total variou entre 8.689,3 e 10.815,3 kg ha-1 entre os tratamentos com fertilizantes, superiores em média, 110% em relação à testemunha. Conclui-se que a fertilização com o dejeto e a adubação mineral promovem acréscimos similares de produção no consórcio de aveia preta e nabo forrageiro, para todas as variáveis estudadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Cesar Ramos Marques, Universidade Federal de Santa Maria
Departamento de Fitotecnia
Fisiologia Vegetal e Nutrição Mineral de Plantas.
Laudenir Juciê Basso, Universidade Federal de Santa Maria
Departamento de Engenharia Agrícola
Área de Irrigação e Drenagem
Eloir Missio, Universidade Federal do Pampa
Departamento de Solo
Área de Uso e Manejo do Solo
Rodrigo Holz Krolow, Universidade Federal do Pampa
Departamento de Zootecnia
Área de Forragicultura
Robson Botta, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Fitossanidade

Area de Entomologia Agrícola.

Edson Luis Rigodanzo, Universidade Federal do Pampa
Departamento de Fitotecnia
Área de Manejo de Culturas

Referências

Andreola. F.; Costa, M.; Olszevski, N. et al. A cobertura vegetal de inverno e a adubação orgânica e, ou, mineral influenciando a sucessão feijão/milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.24, p.867-874, 2000.

Andreola, F.; Costa, M.; Olszevski, N. Influência da cobertura vegetal de inverno e da adubação orgânica e, ou, mineral sobre as propriedades físicas de uma terra roxa estruturada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.24, p.857-865, 2000.

Buriol, G.A.; Estefanel, V.; Chagas, Á.C. Clima e vegetação natural do estado do Rio Grande do Sul segundo o diagrama climático de Walter e Lieth. Ciência Florestal, v.17, p.91-100, 2007.

Camargo, R.; Piza, R.J. Produção de biomassa de plantas de cobertura e efeitos na cultura do milho sob sistema plantio direto no município de Passos, MG. Bioscience Journal, v.23, p.76-80, 2007.

Collares, G.L.; Reinert, D.J.; Reichert, J.M. et al. Compactação superficial de Latossolos sob integração lavoura- pecuária de leite no noroeste do Rio Grande do Sul. Ciência Rural, v.41, p.246-250, 2011.

Comissão de Quimica e Fertilidade do Solo – RS/SC Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Porto Alegre: Evangraf, 2004. 394p.

Crusciol, C.A.C.; Cottica, R.L.; Lima, E.V. et al. Persistência de palhada e liberação de nutrientes do nabo forrageiro no plantio direto. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.40, p.161-168, 2005.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Brasília: EMBRAPA, 2006. 412p.

Giacomini, S.J.; Aita, C.; Vendruscolo, M. et al. Matéria seca, relação C/N e acúmulo de nitrogênio, fósforo e potássio em misturas de plantas de cobertura de solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.27, p.325-334, 2003.

Lima, J.D.; Aldrighi, M.; Sakai, R.K. et al Comportamento do nabo forrageiro (Raphanus sativus L.) e da nabiça (Raphanus raphanistrum L.) como adubo verde. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.37, p.60-63, 2007.

Melo, A.V.; Galvão, J.C.C.; Braun, H. et al. Extração de nutrientes e produção de biomassa de aveia-preta cultivada em solo submetido a dezoito anos de adubação orgânica e mineral. Revista Semina, v.32, p. 411-420, 2011.

Pillar, V.D. MULTIV, Multivariate exploratory analysis, randomization testing and bootstrap resampling. 2006. In: http://ecoqua.ecologia.ufrgs.br/ecoqua/main.html. (acessado em 12 de agosto de 2015).

Reinert, D.J.; Albuquerque, J.A.; Reichert, J.M. et al. Limites críticos de densidade do solo para o crescimento de raízes de plantas de cobertura em argissolo vermelho. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v.32, p.1805-1816, 2008.

Rodrigues, G.B.; Sá, M.E.; Filho, W.V.V. et al. Matéria e nutrientes da parte aérea de adubos verdes em cultivos exclusivo e consorciado. Revista Ceres, v.59, p.380-385, 2012.

Silva, F.A.S.; Azevedo, C.A.V. Versão do programa computacional ASSISTAT para o sistema operacional WINDOWS. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v.4, p.71-78, 2002.

Silva, J.C.P.M. Esterco líquido de gado de leite e adubação mineral influenciando a produção de silagem e propriedades químicas do solo na região dos campos gerais do Paraná. Dissertação (Doutorado em Agronomia). Curitiba, PR: UFP, 2005. 63p.

Steiner, F.; Pivetta, L.A.; Castoldi, G. et al. Carbono orgânico e carbono residual do solo em sistema de plantio direto, submetido a diferentes manejos. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.6, p.401-408, 2011.
Publicado
2015-12-30
Como Citar
Marques, A. C. R., Basso, L. J., Missio, E., Krolow, R. H., Botta, R., & Rigodanzo, E. L. (2015). Uso de dejeto bovino como forma de aumentar crescimento e produção de matéria seca do consórcio aveia preta e nabo forrageiro. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 5(2). https://doi.org/10.21206/rbas.v5i2.302
Seção
Artigos