ÁGUA TRATADA MAGNETICAMENTE ESTIMULA A GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE Solanum lycopersicum L.

  • Jorge González Aguilera Embrapa Trigo, Rodovia BR 285 km 294, Passo Fundo, RS CEP 99001-970, Brasil
  • Roberqui Martín Martín Instituto Nacional de Ciencias Agropecuarias (INCA), San José de las Lajas, La Habana, Cuba.

Resumo

Produção de tomate nos últimos anos tem sido favorecida por inovadores sistemas de produção intensiva, incluindo o destaque da produção em casas de cultivo protegido. Na atualidade, nestes sistemas é necessário encontrar soluções que permitam eliminar o uso de fertilizantes inorgânicos, bem como medidas para promover a produção de hortaliças orgânicas de baixos insumos. Neste estudo avaliamos o efeito da irrigação com água tratada magneticamente no processo de germinação de sementes e desenvolvimento de mudas de tomate do híbrido FA-516 em condições de cultivo protegido. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com três repetições de 20 plantas cada, empregando dois tratamentos um irrigado com água comum (AC) e com água tratada magneticamente (AT). O tratamento magnético à água de irrigação foi realizado ao empregar um magnetizador de 1200 Gaus de indução magnética. Foi avaliada a porcentagem de germinação (PG), altura da planta (AP), diâmetro do caule (DC) e número de folhas (NF) emergidas por planta. O analises dos dados coletados neste estudo sugerem os efeitos positivos da AT ao observar diferenças significativas (P<0,05) para o tratamento magnético comparado ao grupo controle sem tratamento (AC). Em geral o tratamento magnético à água de irrigação resultou em uma aceleração da PG 36% a mais, estimulação da AP em um 97% a mais, 12% a mais para o DC e 5% para o NF verdadeiras, além de derivar em economia de tempo. Embora os resultados deste estudo são interessantes para a face de germinação e desenvolvimento de mudas, o potencial do tratamento magnético da água de irrigação para a produção agrícola precisa ser testado em condições de campo para demonstrar claramente seus efeitos benéficos sobre o rendimento e a produtividade das culturas e da otimização da água de irrigação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BASANT, L.M.; GREWAL, H.S. Magnetic treatment of irrigation water: Its effects on vegetable crop yield and water productivity. Agricultural Water Management v. 96, p.1229–1236, 2009.
CAKMAK, T.; DUMLUPINAR, R.; ERDAL, S. Acceleration of germination and early growth of wheat and bean seedlings grown under various magnetic field and osmotic conditions. Bioelectromagnetics, v.31, p.120–129, 2010.
DE LA FÉ, C.; MOYA, C.; ARZUAGA, J.; FONSECA, E. Coincidencia en la selección participativa de variedades de tomate y la selección por rendimiento en una feria de agrobiodiversidad. Cultivos Tropicales, v.31, n.2, p.92-96, 2010.
DE SOUZA, A.; GARCÍ, D.; SUEIRO, L.; GILART, F.; PORRAS, E.; LICEA, L. Pre-sowing magnetic treatments of tomato seeds increase the growth and yield of plants. Bioelectromagnetics, v.27, p.247–257, 2006.
FAOSTAD - Food and Agriculture Organization (FAO) Statistical Database. 2013, abril 22, 2015. Datos de producción de tomate, última actualización febrero del 2013. Disponível em http://www.faostad.fao.org/faostad/
FLOREZ, M.; CARBONELL, M.V.; MARTINEZ, E. Exposure of maize seeds to stationary magnetic fields: Effects on germination and early growth. Environ Exp Bot, v.59, p.68–75, 2007.
GREWAL, H.S.; MAHESHWARI, B.L. Magnetic treatment of irrigation water and snow pea and chickpea seeds enhances early growth and nutrient contents of seedlings. Bioelectromagnetics, v.32, p. 58–65, 2011.
KATARIA, S.; BAGHEL, L.; GURUPRASAD, K.N. Acceleration of germination and early growth characteristics of soybean and maize after pre-treatment of seeds with static magnetic field. Journal International Journal of Tropical Agriculture, v.33, n.2, p. 985-992, 2015.
KLASSEN, V.I. 1981. Magnetic treatment of water in mineral processing. In Part B, Mineral Processing. Developments in Mineral Processing. Elsevier, N.Y. p. 1077-1097.
KOCHAMARSKY, V. Magnetic treatment of water: Possible mechanisms and conditions for applications. Magnetic and Electrical Separation, v.7, p.77-107, 1996.
MAHESHWARI, B.L.; GREWAL, H.S. Magnetic treatment of irrigation water: Its effects on vegetable crop yield and water productivity. Agricultural Water Management, v.96, p.1229-1236, 2009.
MALE, J.C. Biological effects of fields: A possible mechanism?. Biologist, v.39, p.87–89, 1992.
MORÁN, J.E.M.; RODRÍGUEZ, R.V. Efecto del campo magnético en el agua y algunas propiedades químico-físicas de las soluciones electrolíticas. Una alternativa de amplio uso industrial. Revista Tecnología Química, v.16, n.2, p.63-73, 2004.
MOYA, C.; ARZUAGA, J.; AMAT, I.; SANTIESTEBAN, L.; ÁLVAREZ, M.; PLANA, D.; DUEÑAS, F., FLORIDO, M.; HERNÁNDEZ, J.; FONSECA, E. Evaluación y selección participativa de nuevas líneas de tomate (Solanum lycopersicum L.). Cultivos Tropicales, v.30, n.2, p.66-72, 2009.
NIMMI, V.; MADHU, G. Effect of pre-sowing treatment with permanent magnetic fiel on germination and growth of chilli (Capsicum annum. L.). Int. Agrophysics, v.23, p.195-198, 2009.
PROHENS, J.; NUEZ, F. Handbook of plant breeding, vol. 2, Vegetables II: Fabaceae, Liliaceae, Solanaceae, and Umbelliferae. 365p. 2008.
Publicado
2016-03-30
Como Citar
González Aguilera, J., & Martín Martín, R. (2016). ÁGUA TRATADA MAGNETICAMENTE ESTIMULA A GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE Solanum lycopersicum L. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 6(1). https://doi.org/10.21206/rbas.v6i1.320
Seção
Artigos