EFICIÊNCIA DE TESTES COLORIMÉTRICOS PARA DETERMINAÇÃO DA VIABILIDADE DO PÓLEN EM ACESSOS DE FEIJÃO-FAVA (Phaseolus lunatus L)

  • Letícia da Guia Alves de Jesus Universidade Federal do Piauí/ Campus Amílcar Ferreira Sobral
  • Liliann Ribeiro Tavares Universidade Federal do Piauí/ Campus Amílcar Ferreira Sobral
  • Maria Fernanda da Costa Gomes Universidade Federal do Piauí/ Pós- graduação em Genética e Melhoramento
  • Sérgio Emílio dos Santos Valente Universidade Federal do Piauí/ Centro de Ciências da Natureza
  • Regina Lucia Ferreira Gomes Universidade Federal do Piauí/ Centro de Ciências Agrárias
  • Angela Celis de Alemida Lopes Universidade Federal do Piauí/ Centro de Ciências Agrárias
  • Marcones Ferreira Costa Universidade Federal do Piauí/ Campus Amílcar Ferreira Sobral http://orcid.org/0000-0001-8210-2673
Palavras-chave: Banco de germoplasma, carmim acético, cruzamentos genéticos, orceína acética

Resumo

O feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) é uma importante fonte de alimento para o Brasil principalmente para a região Nordeste. Devido à relevância dessa leguminosa, estudos em melhoramento genético se fazem necessários, sendo que informações sobre a viabilidade polínica constitui um dos fatores responsáveis pelo sucesso dos programas de melhoramento via hibridação. Com o intuito de fornecer informações a respeito dos acessos de feijão-fava provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal do Piauí (BAG-UFPI), objetivou-se estimar a viabilidade polínica de nove acessos, através de quatro métodos coloriméticos: carmim acético 2%, orceína acética 2%, fucsina e lugol.  Foram coletados os botões florais na pré-antese e fixados em etanol:ácido acético (3:1) por 24 horas e, posteriormente, permaneceram em etanol 70% sob refrigeração até a preparação das lâminas pela técnica de esmagamento. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial e os dados foram comparados pelo teste Scott-Knott ao nível de 5% de probabilidade de erro. Os quatro métodos colorimétricos foram eficientes em estimar a viabilidade entre os acessos, os quais apresentaram alta viabilidade polínica com valores acima de 70%, importante para viabilização dos trabalhos de melhoramento genético.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAUDET, J. C. The taxonomic status of the cultivated types of lima bean (Phaseolus lunatus L.). Trop Grain Legume, n. 7, p. 29-30, 1977.
CABRAL, J.C. et al. Estimativa da viabilidade polínica em acessos de Theobroma cacao L. baseada em testes calorimétricos. Enciclopédia Biosfera, v.9, n.17, p.2780-2788, 2013.
CAMACHO-PÉREZ, L.; MARTÍNEZ-CASTILLO, J.; MIJANGOS-CORTÉS, J. O. et al. Genetic structure of Lima bean (Phaseolus lunatus L.) landraces grown in the Mayan area. Genetic Resources and Crop Evolution, p. 1-13, 2017.
GUERRA, M.; SOUZA, M.J. Como observar cromossomos: um guia de técnicas em citogenética vegetal, animal e humana. Ribeirão Preto, SP: FUNPEC, 2002. 131p
HEDHLY, A. Sensitivity of flowering plant gametophytes to temperature fluctuations. Environmental and Experimental Botany, England, v. 74, p.9-16, 2011.
HISTER, C.A.L.; TEDESCO, S.B. "Estimativa da viabilidade polínica de araçazeiro (Psidium cattleianum Sabine) através de distintos métodos de coloração." Revista brasileira de plantas medicinais, v.18, n.1, p. 135-141, 2016.
LONG, R.; TEMPLES, S.; MEYER, R.; SCHWANKL, L.; ODFREY, L.; CANEVARI, M.; ROBERTS, P. Lima Bean Production in California. University of California, ANR, n. 8505, p. 25, 2014.
LOPES, Â. C. A.; VALENTE, S. E.; GOMES, R. L. F.; FEITOZA, L. L. Morphological Characterization and Study of Genetic Diversity in Lima Bean Accesions. In: FERREIRA, A.S.; LOPES, A.C.A.; GOMES, R.L.. Phaseolus lunatus. Diversity, Growth and Production. 1. ed. New York: Nova Sicence Publishers, Inc., 2015. p. 1–26.
MARTÍNEZ-CASTILLO, J.; CAMACHO-PÉREZ, L.; COELLO-COELLO, J.; ANDUEZA-NOH, R. Wholesale replacement of Lima bean (Phaseolus lunatus L.) landraces over the last 30 years in northeastern Campeche, Mexico. Genetic resources and crop evolution, v. 59, n. 2, p. 191-204, 2012.
MARTÍNEZ-CASTILLO, J.; CAMACHO-PÉREZ, L.; VILLANUEVA-VIRAMONTES, S. et al. Genetic structure within the Mesoamerican gene pool of wild Phaseolus lunatus (Fabaceae) from Mexico as revealed by microsatellite markers: implications for conservation and the domestication of the species. American journal of botany, v. 101, n. 5, p. 851-864, 2014.
OLIVEIRA, M. S. P.; MAUÉS, M. M.; KALUME, M. A. A. Viabilidade de pólen in vivo e in vitro em genótipos de açaizeiro. Acta botânica brasílica, v. 15, n. 1, p. 27-33, 2011.
OLIVEIRA, M. C. P.; MEIRELLES, A. C. S.; LOPES, A. C. A.; COSTA, M. F. Phenology, Vegetative Development and Pollen Viability. Accesions. In: FERREIRA, A. S.; LOPES, A. C. DE A.; GOMES, R. L. (Eds.). Phaseolus lunatus. Diversity, Growth and Production. 1. ed. New York: Nova Sicence publishers, Inc., 2015. p. 1–26.
PAGLIARINI, M. S.; POZZOBON, M. T. II Curso de citogenética aplicada a recursos genéticos vegetais. Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia – Brasília, DF, 2004.
PENHA, J. S.; LOPES, A. C. A.; GOMES, R. L. F. et al. Estimation of natural outcrossing rate and genetic diversity in Lima bean (Phaseolus lunatus L. var. lunatus) from Brazil using SSR markers: implications for conservation and breeding. Genetic Resources and Crop Evolution, p. 1-10, 2016.
SOUZA, MM de; PEREIRA, TELMA NAIR SANTANA; MARTINS, ERNANE RONIE. Microsporogênese e microgametogênese associadas ao tamanho do botão floral e da antera e viabilidade polínica em maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Degener). Ciência e Agrotecnologia, v. 26, n. 6, p. 1209-1217, 2002.
SERRANO-SERRANO, M.L.; ANDUEZA-NOH, R. H., MARTÍNEZ-CASTILLO, J. et al. Evolution and domestication of lima bean in Mexico: Evidence from ribosomal DNA. Crop Science, v. 52, n. 4, p. 1698-1712, 2012.
SILVA, FAS. ASSISTAT. Versão 7.7 beta. DEAG-CTRN-UFCG. Atualizado em 04 de janeiro de 2016. Disponível em . (Acessado em: 24 de fevereiro de 2017)
BRITO DA SILVA, V.; GOMES, R. L.F, LOPES, A. C.A et al. Genetic diversity and promising crosses indication in lima bean (Phaseolus lunatus) accessions. Semina: Ciências Agrárias, v. 36, n. 2, 2015.
SILVA, R. N. O.; BURLE, M. L.; PÁDUA, J. G. et al. Phenotypic diversity in lima bean landraces cultivated in Brazil, using the Ward-MLM strategy. Chilean Journal of Agricultural Research, v. 77, n. 1, p. 35, 2017.
VIEIRA, R. F. A cultura de feijão-fava. Informe Agropecuário, v.16. n. 174, p. 30-37,1992.
WEBSTER, B. D.; TUCKER, C. L.; LYNCH, S. P. A morphological study of the development of reproductive structures of Phaseolus vulgaris L. J Amer Soc Hort Sci, v. 102, p. 640-3, 1977.
ZIMMERMANN, M. J. O.; TEIXEIRA, M. G. Origem e evolução. In: ARAÚJO, R. S.;RAVA, C. A.; STONE, L. F.; ZIMMERMANN, M. J. O. Cultura do feijoeiro comum no Brasil. Piracicaba (BR): POTAFOS, 1996. p. 57-70.
ZANOTTO, Maira et al., Viabilidade polínica como seleção assistida no programa de melhoramento genético de triticale. Ciência e Agrotecnologia, v. 33, p. 2078-2082, 2009.
Publicado
2018-06-13
Como Citar
de Jesus, L. da G. A., Tavares, L. R., Gomes, M. F. da C., Valente, S. E. dos S., Gomes, R. L. F., Lopes, A. C. de A., & Costa, M. F. (2018). EFICIÊNCIA DE TESTES COLORIMÉTRICOS PARA DETERMINAÇÃO DA VIABILIDADE DO PÓLEN EM ACESSOS DE FEIJÃO-FAVA (Phaseolus lunatus L). Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 8(1). https://doi.org/10.21206/rbas.v8i1.430
Seção
Artigos