Rendimento de Carcaça de Machos e Fêmeas da Rã-touro em diferentes Sistemas de Recria e em fase reprodutiva

  • Liliam de Souza Nascimento
  • Giselle Eler Amorim Dias
  • Jose Teixeira Seixas Filho
  • Silvia C. Reis Pereira Mello
  • Oswaldo Pinto Ribeiro Filho
  • Marcelo Maia Pereira Fiperj
Palavras-chave: anfigranja, composição centesimal, proteína, Semi-inundado

Resumo

Os sistemas de produção de rãs “Anfigranja” e “Semi-Inundado” são os principais adotados pelos produtores no Brasil. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de descrever o rendimento de carcaça, da musculatura e a composição centesimal da carne de rã-touro de machos e fêmeas em fase reprodutiva dos dois sistemas de criação. Amostras ao acaso de 16 animais, oito do sistema “Anfigranja” e oito do “Semi-Inundado”, metade machos e outra de fêmeas, foram obtidas para análises de peso vivo (g); peso da carcaça (g); rendimento de carcaça (%); peso do músculo (g); peso do músculo seco (g); relação entre o músculo e o peso vivo (%); relação entre o músculo e o peso da carcaça (%); relação entre o músculo seco e o peso vivo (%); relação entre o músculo seco e o peso da carcaça (%); composição centesimal da carne de rã-touro (umidade, proteína, extrato etéreo e cinzas) (%); a partir desta acima, respectivamente para “Anfigranja” e “Semi-Inundado” foram encontrados os valores de: 426,35g e 356,50g; 218,75g e 165,53g; 51,46% e 46,29%; 121,36g e 101,86g; 32,43g e 27,64g; 28,47% e 28,44%; 55,32% e 61,42%; 14,78% e 16,72%; 7,61% e 7,73%; 73,27% e 72,75%; 23,97% e 23,72%; 1,37% e 1,64%; 0,95% e 1,19%. Conclui-se que para uma produção com objetivos de produção de carne, deve-se evitar rãs acima de 350g e as fêmeas principalmente em período reprodutivo. Os resultados para a composição centesimal do músculo demonstraram que podem existir diferenças entre os sexos e os sistemas produção, sendo assim, recomendam-se novas pesquisas comparando sistemas de produção para elucidar as novas hipóteses apresentadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ÁLVAREZ, R.; REAL, M. Significance of initial weight of post-metamorphosis froglets for growth and fattening of Rana perezi Seone, 1885, raised in captivity. Aquaculture, v. 255, n. 4, p. 429-435, 2006.

AOAC. Official methods of analysis. 17a ed. Association of Official Analytical Chemists, Gaithersburg, MD. 2000.

ASSIS, M. F.; FRANCO, M. L. R. S.; STEFANI, M. V.; FRANCO, N. P.; GODOY, L. C.; OLIVEIRA, A. C.; VISENTAINER, J. V.; SILVA, A. F.; HOCH, A. L. V. Efeito do alecrim na defumação da carne de rã (Rana catesbeiana): características sensoriais, composição e rendimento. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 29, n. 3, p. 553-556, 2009.

AYRES, A. A. C.; DAMASCENO, D. Z.; MORO, E. B.; MACCARI, G. M. R.; NERVIS, J. A. L.; BITTENCOURT, F. Carcass yield and proximate composition of bullfrog (Lithobates catesbeianus). Acta Scientiarum Animal Sciences, v. 37, n. 4, p. 329-333, 2015.

CASALI, A. P.; MOURA, O. M.; LIMA, S. L. Rações comerciais e o rendimento de carcaça e subprodutos de rã-touro. Ciência Rural, v. 35, n. 5, p. 1172-1178, 2005.

CASTRO, C.S.; AGOSTINHO, C.A.; ARGENTIM, D.; ALEXANDRE, J.S.; OLIVEIRA, L.C.; SOUSA, R.M.R.; PADILHA, P.M. Feed digestibility and productive performance of bullfrogs fed in high and low frequency. Aquaculture, v. 326, p. 123-128, 2012.

COSTA, C. L. S.; LIMA, S. L.; ANDRADE, D. R.; AGOSTINHO, C. A. Caracterização morfólogica dos estágios de desenvolvimento do aparelho reprodutor masculino da rã-touro, Rana catesbeiana, no sistema anfigranja de criação intensiva. Revista Brasileira Zootecnia, v. 27, n. 4, p. 651-657, 1998a.

COSTA, C. L. S.; LIMA, S. L.; ANDRADE, D. R.; AGOSTINHO, C. A. 1998b Caracterização morfológica dos estádios de desenvolvimento do aparelho reprodutor feminino da rã-touro, Rana catesbeiana, no Sistema Anfigranja de Criação Intensiva. Revista Brasileira Zootecnia, v. 27, n. 4, p. 651-657, 1998b.

CRIBB, A.V.; AFONSO, A.M.; MOSTÉRIO, C.M. Manual Técnico de Ranicultura. Brasília, DF: Embrapa, 2013.

FEIX, R. D.; ABDALLAH, P. R.; FIGUEIREDO, M. R. C. Resultado econômico da criação de rã em regiões de clima temperado, Brasil. Informações Econômicas, v. 36, n. 3, p. 1-11, 2006.

FENERICK Jr, J.; STÉFANI, M. V. Desempenho e parâmetros metabólicos de rã-touro, Rana catesbeiana, alimentada com diferentes rações comerciais. Acta Scientiarium Animal Science, v. 27, n. 3, p. 377-383, 2005.

FOLCH, J.; LESS, M.; SLOANE STANLEY, G. H. A simple method for the isolation and purification of total lipides from animal tissues. The Journal of Biological Chemestry, v. 226, n. 1, p. 497-509, 1957.

FRAGOSO, S. P.; FERREIRA, V. C. S.; ARAUJO, I. B. S.; OLIVEIRA, E. N.; SILVA, F. A. P.; MOURA, O. M. Características físicas e químicas de diferentes cortes da carne liofilizada de rã-touro (Lithobates catesbeianus) pigmentada e albina. Higiene Alimentar, v. 27, n. 3, p. 951-955, 2013.

IDE, L. K.; MOREIRA, T. M. R.; SILVA, S. H. A. Técnicas de desossa da carcaça de rã-touro e utilização do esqueleto para fins comestíveis. Revista Semioses, v. 11, n. 2, p. 1-6, 2017.

LIMA, S. L. Curso Criação de rãs: Novas tecnologias. Viçosa: CPT. 260p. 2012.

LIMA, S. L.; AGOSTINHO, C. A. A tecnologia de criação de rãs. Viçosa-MG: UFV, 168p. 1992.

LIMA, S.L.; CASALI, A.P.; AGOSTINHO, C.A. Desempenho zootécnico e percentual de consumo de alimento de rã-touro (Rana catesbeiana) na fase de recria (pós-metamorfose) do sistema anfigranja. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 32, n. 3, p. 505-511, 2003

MANSANO, C. F. M.; STÉFANI, M. V.; PEREIRA, M. M.; MACENTE, B. I. Non-linear growth models for bullfrog tadpoles. Ciência e Agrotecnologia, v. 36, n. 4, p. 454-462. 2012.

MANSANO, C. F. M.; STÉFANI, M. V.; PEREIRA, M. M.; MACENTE, B. I. Deposição de nutrientes na carcaça de girinos de rã-touro. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 48, n. 8, p. 885-891. 2013

MANSANO, C.F.M.; MACENTE, B.I.; NASCIMENTO, T.MT.; PEREIRA, M.M.; TAKAHASHI, L.S.; De STÉFANI, M.V. Aminoacid digestibility of animal protein ingredients for bullfrog in different phases of post-metamorphic development. Aquaculture Research, v. 1, p. 1-14, 2017a.

MANSANO, C.F.M.; MACENTE, B.I.; NASCIMENTO, T.MT.; PEREIRA, M.M.; SILVA, E.P.; De STÉFANI, M.V. Determination of digestible lysine and estimation of essential aminoacid requirements for bullfrog. Aquaculture, v. 467, p. 89-73, 2017b.

MANSANO, C.F.M.; MACENTE, B.I.; NASCIMENTO, T.MT.; PINTO, D.F.H.; PEREIRA, M.M.; De STÉFANI, M.V. Digestibility of nutrients and energy in ingredients for bullfrogs during different phase of development. Aquaculture Nutrition, v. 23, p. 1368-1378, 2017c.

MELLO, S. C. R. P. A carne de rã: processamento e industrialização. 1ª ed. Rio de Janeiro: Publit. 90p, 2009.

MELLO, S. C. R. P. Sistema inundado de criação de rãs: Ensaios experimentais. Boletim Técnico do Instituto de Pesca, 31:26-33, 2001.

MELLO, S. C. R. P.; OLIVEIRA, R. R.; PEREIRA, M. M.; NASCIMENTO, E. R. W.; SEIXAS-FILHO, J. T. Development of a water recirculating system for bullfrog production:technological innovation for small farmers. Ciência e Agrotecnologia, v. 40, n. 1, p. 67-75, 2016.

MELLO, S. C. R. P.; SILVA, L. E; MANO, S.; FRANCO, R. M. Avaliação bacteriológica e físico-química das carnes do dorso e coxa de rã (Rana catesbeiana) processadas em matadouro comercial. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v. 13, n. 3, p. 151-154, 2006

MELLO, S.C.R.P. A carne de rã: processamento e industrialização. Rio de Janeiro: Publit, 2009, 90 p.

NÓBREGA, I.C.C.; ATAÍDE, C.S.; MOURA, O.M.; LIVERA, A.V.; MENEZES, P.H. Volatile constituents of cooked bullforg (Rana catesbeiana) legs. Food Chemistry, v. 102, n. 4, p-186-191, 2007.

NOLL, I.B.; LINDAU, C.P. Aspectos da composição em nutrientes da carne de rã touro-gigante (Rana catesbeiana). Caderno de Farmácia, v. 3, n. 1, p. 29-36, 1987.

OLIVEIRA, L.P.L.; SEIXAS FILHO, J.T.; PEREIRA, M.M.; MELLO, S.C.R.P. Frog meat in special diets: potential for use as a functional food. Boletim do Instituto de Pesca, v. 44, p. 99-106, 2017.

PEREIRA, M. M.; RIBEIRO FILHO, O. P.; TRONI, A. R.; TAKAMURA, A. E.; MANSANO, C.F.M.; NASCIMENTO, F.B.; CAMARGO FILHO, C.B. Tecido hepático e corpo adiposo de rã-touro (Lithobates catesbeianus) submetido a diferentes fotoperíodo. Acta Veterinaria Brasilica, v. 5, n. 1, p. 76-80, 2011

PEREIRA, M.M.; MANSANO, C.F.M.; PERUZI, N.J.; De STÉFANI, M.V. Growth in weight ando f some tissues in the bullfrog: fitting nonlinear models during the fattening phase. Ciência e Agrotecnologia, v. 38, p. 598-606, 2014.

PEREIRA, M.M.; MANSANO, C.F.M.; PERUZZI, N.J.; STEFANI, M.V. Nutrient deposition in bullfrog during the fatening phase. Boletim do Instituto de Pesca, v. 41, p. 305-318, 2015.

REAL, M.; MARTINEZ, I.P.; ÁLVAREZ, R. Progressive reductions in the movement induced in food when rearing Rana perezi Seone, 1885, in captivity. Aquaculture, v. 249, n.1, p. 189-193, 2005.

SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas. Manual como iniciar piscicultura com espécies regionais. Brasília, 46 p, 2013.

VIANA, Z. C. V.; SILVA, E.; FERNANDES, G. B.; SANTOS, V. L. C. S. Composição centesimal em músculo de peixes no litoral do estado da Bahia/ Brasil. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, v. 12, n. 2, p. 157-162. 2013.

Publicado
2019-11-24
Como Citar
Nascimento, L. de S., Dias, G. E. A., Seixas Filho, J. T., Mello, S. C. R. P., Ribeiro Filho, O. P., & Pereira, M. M. (2019). Rendimento de Carcaça de Machos e Fêmeas da Rã-touro em diferentes Sistemas de Recria e em fase reprodutiva. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 9(3). https://doi.org/10.21206/rbas.v9i3.8283
Seção
Artigos