EFICIÊNCIA DE DIFERENTES ADUBOS ORGÂNICOS NA ADUBAÇÃO DO MILHO

  • Giovana Prado Fortuna Macan University of Padua (UNIPD)
  • Diego Fontebasso Pelizari Pinto Korin Agricultura e Meio Ambiente, Setor de Pesquisa e Consultoria Agropecuária
  • Sérgio Kenji Homma Korin Agricultura e Meio Ambiente, Setor de Pesquisa e Consultoria Agropecuária
Palavras-chave: agricultura orgânica, mineralização, Zea mays

Resumo

Devido à carência de insumos orgânicos capazes de disponibilizar a quantidade requerida de nitrogênio às culturas, a avaliação de novas fontes orgânicas de nutrientes se faz necessária. Esse trabalho
teve como objetivo avaliar a resposta do milho à utilização de diferentes materiais orgânicos na absorção do N e desenvolvimento das plantas. Para isso, o experimento foi conduzido em casa de vegetação, adotando o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos foram farinha de
penas (FP), composto orgânico fermentado bokashi (BK), mistura de farelos vegetais (FV), farinha de penas + bokashi (PB), farinha de penas + farelos vegetais (PF) e testemunha representada somente pelo solo (TE). Aos 45 dias após a emergência do milho, as características avaliadas foram: massa fresca e seca da parte aérea (g), massa fresca da raiz (g), altura de planta (cm), circunferência do colmo (cm) e teor de N foliar (g kg-1). Os melhores resultados foram obtidos nos tratamentos BK e FV, com uma disponibilização efetiva de
N para o desenvolvimento do milho. Já a utilização do FP apresentou sinais de toxicidade com desenvolvimento reduzido das plantas. Porém, sua aplicação junto ao bokashi ou com a mistura de farelos vegetais foi capaz de reduzir seu efeito tóxico, apresentando resultados superiores aos tratamentos FP e TE. Pode-se notar
o potencial desses materiais orgânicos na utilização como fertilizantes orgânicos no desenvolvimento do milho, resultando em benefícios não só agronômicos como também ambientais ao se reaproveitar materiais
de descarte da agroindústria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGEHARA, S.; WARNKE D. D. Soil Moisture and Temperature Effects on Nitrogen Release from Organic Nitrogen Sources. Soil Science Society of American Journal, v. 69, n. 6, p. 1844-1855, 2005.

ASSIS JÚNIOR S. L.; ZANUNCIO J. C.; KASUYA M. C. M. et al. Atividade microbiana do solo em sistemas agroflorestais, monoculturas, mata natural e área desmatada. Revista Árvore, v.27, p.35-41, 2003.

BALDOTTO, M.; BALDOTTO, L. E. B. Initial performance of corn in response to treatment of seeds with humic acids isolated from bokashi. Revista Ceres, v.63, n.1, p. 62-67, 2016.

BECKER J.; EISENHAUER N.; SCHEU S. et al. Increasing antagonistic interactions cause bacterial communities to collapse at high diversity. Ecology Letters, v.15, p.468–474, 2012.

BOECHAT C. L; SANTOS J. A. G; ACCIOLY A. M. A. Net mineralization nitrogen and soil chemical changes with application of organic wastes with “Fermented Bokashi Compost”. Acta Scientiarum, v. 35, n. 2, p. 257-264, 2013.

BREMNER, J. M.; MULVANEY, C. S. Nitrogen-total. In: Methods of soil analysis. Part 2. Chemical and microbiological properties. Madison, WI: American Society of Agronomy, Soil Science Society of America., 1982, p.595-624.

BULLUCK, L.R.; BROSIUS, M.G.; EVANYLO, K et al. Organic and synthetic fertility amendments influence soil microbial, physical and chemical properties on organic and conventional farms. Applied Soil Ecology, v.19, n.2, p.147-160, 2002.

CANTARELLA, H. Nitrogênio. In: NOVAIS, R. F., ALVAREZ V., V. H., BARROS, N. F., FONTES, R. L. F., CANTARUTTI, R. B.; NEVES, J. C. L., eds. Fertilidade do Solo. Viçosa, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. p.375-470.

CHOI, J.M.; NELSON, P. V. Developing a slow release nitrogen fertilizer from organic sources.II. Using poultry feathers. Journal of the American Society for Horticultural Science, v. 121, n. 4, p. 634-638, 1996.

CLAESSEN, M. E. C.; Manual de métodos de análise do solo, 2a . ed., Embrapa: Rio de Janeiro, 1997.

FARINELLI, R.; LEMOS, L. B. Nitrogênio em cobertura na cultura do milho em preparo convencional e plantio direto consolidados. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.42, n.1, p.63-70, 2012.

FREITAS G. B. DE; ROCHA M.S.; SANTOS R. H. S. et al. Broccoli yield in response to top-dressing fertilization with green manure and biofertilizer. Revista Ceres, v. 58, n. 5, p. 645-650, 2011.

GAGNON, B.; BERROUARD, S. Effects of several organic fertilizers on growth of greenhouse tomato transplants. Canadian journal of plant science, v. 74, n. 1, p. 167-168, 1994.

GASKELL, M. Yield of bell peppers and soil nitrate nitrogen following application of varying rates of compost or feather meal with and without a prior green manure. HortScience, v. 36, p. 58, 2001.

GUARESCHI, R. F.; SILVA, A; SILVA, H. R., JR. et al. Adubação orgânica na produção de biomassa de milho em Latossolo de cerrado. Global Science and Technology, v.6, p.66-733, 2013.

HADAS A.; KAUTSKY L. Feather meal, a semi-slow-release nitrogen fertilizer for organic farming. Fertilizer Research, v. 38, n. 2, p. 165-170, 1994.

HARTZ T. K.; JOHNSTONE P. R. Nitrogen availability from high-nitrogen containing organic fertilizers.Hort-Technology v. 16, p. 39-42, 2006.

JOHNSON H. J.; COLQUHOUN J. B.; BUSSAN A. J. et al. Estimating nitrogen mineralization of composted poultry manure, organic fertilizers, and green manure crops for organic sweet corn production on a sandy soil under laboratory conditions. Hort-Technology, v. 22, n. 1, p. 37-43, 2012.

MOREIRA, F.M.S.; SIQUEIRA, J.O. Microbiologia e bioquímica do solo. 2.ed. Lavras, Universidade Federal de Lavras, 2006. 729p.

MUBARAK, A. R.; ROSENANI, A. B.; ANUAR, A. R.; ZAUYAH, D. S. Effect of Incorporation of Crop Residues on a Maize–Groundnut Sequence in the Humid Tropics. II. Soil Physical and Chemical Properties. Journal of plant nutrition, v. 26, n. 12, p. 2343-2364, 2003.

RAIJ, B.V.; ANDRADE, J.C.; CANTARELLA, H. et al. Análise química para avaliação da fertilidade de solos tropicais. Campinas: Instituto Agronômico, 2001. 285 p.

RAIJ, B.V.; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J.A. et al. Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo (Boletim, 100). 2ed. Campinas: Instituto Agronômico & Fundação IAC, 1996. 285 p.

R Core Team.R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria, 2014. In: http://www.R-project.org/.

SHARMA, S.; GUPTA, A. Sustainable Management of Keratin Waste Biomass: Applications and Future Perspectives. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 59, 2016.

SILVA, E. C.; MURAOKA, T.; BUZETTI, S. et al. Utilização do nitrogênio da palha de milho e de adubos verdes pela cultura do milho. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v.32, p.2853-2861, 2008.

SIQUEIRA, A. P. P; SIQUEIRA, M. F. B. Bokashi, adubo orgânico fermentado. Manual técnico. Programa Rio Rural, n. 40, Niterói - Rio de Janeiro, 2013, 16 p.

VANN, M.; BENNETT, N.; FISHER, L. et al. Poultry Feather Meal Application in Organic Flue-Cured Tobacco Production. Agronomy Journal, v. 109, n. 6, p. 2800-2807, 2017.

Publicado
2020-03-03
Como Citar
Macan, G. P. F., Pinto, D. F. P., & Homma, S. K. (2020). EFICIÊNCIA DE DIFERENTES ADUBOS ORGÂNICOS NA ADUBAÇÃO DO MILHO. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 9(04), 66-74. https://doi.org/10.21206/rbas.v9i04.8749