Photovoltaic generators: use by rural customers in Mato Grosso state

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v30i1.12689

Palavras-chave:

Agribusiness, Rural customers, Distributed generation, Photovoltaic systems

Resumo

In the current Brazilian energy scenario, the use of photovoltaic systems for generating energy is an excellent choice, as it combines electricity savings and energy production with less harmful impact on the environment. Mato Grosso is a state of great importance for agricultural production, in a country where agribusiness has a large share in the Gross Domestic Product (GDP). The aims of this study are to investigate the growing use of distributed photovoltaic system by rural customers in the state of Mato Grosso and compare it with the number of installations implemented in other consumer classes to eventually evaluate the participation in the state energy matrix and its applications. The analysis was carried out with data up to 2020 available from the registration system of the distributed generation of the National Electric Energy Agency (ANEEL) and the local electricity company Energisa Mato Grosso (EMT). The number of consumer units having photovoltaic generation systems in the state has grown on average 342% since 2015, when the first units were installed. When analyzing only rural facilities, this percentage rises to 347%. Although the participation of rural customers in the total number of installations is 7.04%, which are less significant than the other consumer classes, these systems are 6.44 times larger than residential systems, with a participation in the total state installed power of 21.74%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANEEL – AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA. Geração Distribuída: Informações compiladas e mapa, 2021. Available in: https://app.powerbi.com/w?r=eyJrIjoiZjM4NjM0OWYtN2IwZS00YjViLTllMjItN2E5MzBkN2ZlMzVkIiwidCI6IjQwZDZmOWI4LWVjYTctNDZhMi05MmQ0LWVhNGU5YzAxNzBlMSIsImMiOjR9. Access in: June 16, 2021.

ANEEL – AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA. Resolução Normativa Nº 482/2012 de 17 de abril de 2012. Estabelece as condições gerais para o acesso de microgeração e minigeração distribuída aos sistemas de distribuição de energia elétrica, o sistema de compensação de energia elétrica, e dá outras providências. Available in: http://www2.aneel.gov.br/cedoc/ren2012482.pdf. Access in: Sep. 28, 2021.

ANEEL – AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA. Resolução Normativa Nº 687/2015 de 24 de novembro de 2015. Altera a Resolução Normativa nº 482, de 17 de abril de 2012, e os Módulos 1 e 3 dos Procedimentos de Distribuição – PRODIST. Available in: http://www2.aneel.gov.br/cedoc/ren2015687.pdf. Access in: Oct. 4, 2021.

BUIATTI, G. M.; ANDRADE, R. L.; AMARAL, P.; RYMER, J. V.; FIORANELLI, C. O. S. Metodologia para estimativa de redução de emissões de CO2 aplicada a sistemas de microgeração fotovoltaica. In: VI Congresso Brasileiro de Energia Solar, Belo Horizonte, 2016. Available in: https://www.abens.org.br/CBENS2016/anais/anais/trabalhos/2670Ofinal.pdf. Access in: Oct. 2, 2021.

CAMPOS, H. M. B. Geração distribuída de energia solar fotovoltaica na matriz elétrica de Curitiba e região: um estudo de caso. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica), Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.

CARDOSO, B. M. Uso da Biomassa como Alternativa Energética. 2012. Monografia (Graduação em Engenharia Elétrica) – Escola Politécnica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

COSTA, C. C. M.; ALMEIDA, A. L. T.; FERREIRA, M. A. M.; SILVA, E. A. Determinantes do desenvolvimento do setor agropecuário nos municípios. Revista de Administração, São Paulo, v.48, n.2, p.295-309, 2013.

EPE – EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA. Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2021. Ano base 2020, Rio de Janeiro, 2021. Available in: https://www.epe.gov.br/sites-pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/PublicacoesArquivos/publicacao-160/topico-168/Anu%C3%A1rio_2021.pdf. Access in: Oct. 6, 2021.

GILIO, L.; RENNÓ, N. O crescimento do agronegócio realmente tem se refletido em maior renda para agentes do setor? CEPEA – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – USP, Piracicaba, 2018. Available in: https://www.cepea.esalq.usp.br/br/opiniao-cepea/o-crescimento-do-agronegocio-realmente-tem-se-refletido-em-maior-renda-para-agentes-do-setor.aspx. Access in: June. 14, 2021.

KURESKI, R.; MOREIRA, V. R.; VEIGA, C. P. Agribusiness participation in the economic structure of a Brazilian region: analysis of GDP and indirect taxes. Revista da Economia e Sociologia Rural, Brasília, v. 58, n. 3, p. 1-11, 2020.

MARINOSKI, L. D.; SALAMONI, I.T.; RUTHER, R. Pré-dimensionamento de sistema solar fotovoltaico: estudo de caso do edifício sede do CREA-SC. In: Anais 1° Conferência Latino-Americana de Construção Sustentável, E 10° Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, São Paulo, ENTAC, v. 1. p. 678-691, 2004.

MASUTTI, M. C.; TABARELLI, G.; SANTOS, Í. P. Potencial de implantação de um sistema fotovoltaico gerador de energia em coberturas de estacionamentos. Revista de Arquitetura IMED, Passo Fundo, v. 4, n. 2, p. 15-23, 2016.

NETO, J. B.; PINTO, G. X. A.; NETO, D. G.; NASPOLI, H. F.; RUTHER, R. Análise de desempenho e contribuição energética de sistemas fotovoltaicos instalados em Itiquira, Mato Grosso. In: VII Congresso Brasileiro de Energia Solar, Gramado, 2018. Available in: https://anaiscbens.emnuvens.com.br/cbens/article/view/67/67. Access in: June. 14, 2021.

OLIVEIRA, A. C. L.; RESENDE, M. O.; SILVA, E. G. M.; RENATO, N. S.; MARTINS M. A.; SEQUINEL, R.; MACHADO, J. C. Evaluation and optimization of electricity generation through manure obtained from animal production chains in two Brazilian mesoregions. Journal of Cleaner Production, v. 316, n. 1, 2021.

PEREIRA, E. B.; MARTINS F. R.; GONÇALVES, A. R.; COSTA, R. S.; LIMA, F. J. L.; RUTHER, R.; ABREU, S. L.; TIEPOLO, G. M.; PEREIRA, S. V.; SOUZA, J. G. Atlas brasileiro de energia solar. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), São José dos Campos: INPE, v. 2, 80p. 2017.

SANQUETTA, C. R.; MAAS, G. C. B.; SANQUETTA, M. N. I.; SANQUETTA, F. T. I.; CORTE, A. P. D. Emissões de dióxido de carbono associadas ao consumo de energia elétrica no Paraná no período 2010-2014. BIOFIX Scientific Journal, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 1-6, 2015.

SCARPETTA, A. Avaliação da viabilidade econômica da geração de energia elétrica a partir do biogás proveniente da biodigestão de dejetos suínos. 2014. Monografia (Especialização em Eficiência Energética) – Departamento de Eficiência Energética Aplicada aos Processos Produtivos, Universidade Federal de Santa Maria, Quaraí, 2014.

TSURUDA, L. K.; MENDES, T. A.; VITOR, L. R.; SILVEIRA, M. B. A importância da energia solar para o desenvolvimento sustentável e social. 6th International Workshop Advances In Cleaner Production, São Paulo, 2017. Available in: http://www.advancesincleanerproduction.net/sixth/files/sessoes/6B/1/tsuruda_et_al_report.pdf. Access in: June. 15, 2021.

Downloads

Publicado

2022-02-15

Como Citar

Holzbach, M., & Resende, A. S. (2022). Photovoltaic generators: use by rural customers in Mato Grosso state. Revista Engenharia Na Agricultura - REVENG, 30, 1–12. https://doi.org/10.13083/reveng.v30i1.12689

Edição

Seção

Energia na Agricultura