EFEITOS DO BIOSSÓLIDO DE SUINOCULTURA EM LATOSSOLO E NA PRODUÇÃO DE FEIJÃO

Autores

  • Rafael Henrique Gonçalves
  • Carlos Antonio Centuriòn Maciel

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v16i2.22

Palavras-chave:

Phaseolus vulgaris, suíno, nutrientes

Resumo

Este experimento realizado em casa de vegetação, no campus da UNIPINHAL, teve como objetivo avaliar os efeitos da aplicação do biossólido nas propriedades físicas e químicas de um Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico e na produção de grãos da cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.). Para tanto, prepararam-se 8 tratamentos em triplicata em vasos, contendo 8 kg do referido solo. Foram agregadas dosagens crescentes de biossólido, gerado numa suinocultura do Campus experimental, correspondentes a 0, 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70 Mg.ha-1. Posteriormente, coletaram-se amostras do solo de cada tratamento para determinação de pH e teores de matéria orgânica, P, K, S, Ca, Mg, Al, H + Al, C.T.C., V%. Também foram determinados os seguintes micronutrientes: B, Fe, Mn, Cu e Zn. Três plantas de feijão cultivar IAC – carioca foram cultivadas em vaso. Após 97 dias, coletaram-se e pesaram-se as sementes produzidas. A aplicação do biossólido elevou de forma linear o pH, os teores de M.O., de micronutrientes e macronutrientes, com exceção do fósforo e da saturação por bases, que tiveram elevação com comportamento quadrático. A aplicação da dosagem de 60 Mg.ha-1 promoveu a maior produção, sendo de 81,08g para 9 plantas. Para dosagens superiores, ocorreu efeito inibidor na produção devido ao provável excesso de alguns nutrientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-09-25

Como Citar

Gonçalves, R. H., & Maciel, C. A. C. (2008). EFEITOS DO BIOSSÓLIDO DE SUINOCULTURA EM LATOSSOLO E NA PRODUÇÃO DE FEIJÃO. Revista Engenharia Na Agricultura - Reveng, 16(2). https://doi.org/10.13083/reveng.v16i2.22

Edição

Seção

.