ACÚMULO DE NUTRIENTES E MATÉRIA SECA PELO MILHO EM FUNÇÃO DO MANEJO DO SOLO E DA ADUBAÇÃO NITROGENADA

  • Edney Leandro da Vitória
  • Haroldo Carlos Fernandes
  • Elcio das Graça Lacerda
  • Thiago Lopes Rosado
Palavras-chave: Sistemas de produção, nutrientes, preparo do solo, Zea mays

Resumo

Avaliou-se o efeito de sistemas de manejo do solo e doses de nitrogênio na produção de matéria seca, grãos e palhada, bem como no acúmulo de N, P, K, Ca, Mg, S e Zn, por plantas de milho (híbrido ou variedade). O experimento foi conduzido sob irrigação da área experimental da Fazenda Modelo do Centro Universitário Vila Velha, localizada no município de Cariacica/ES, em solo classificado como Latossolo Amarelo Eutrófico (textura arenosa). Os sistemas de manejo do solo estudados foram: plantio direto, preparo convencional com arado de discos e preparo convencional com arado de aiveca. Doses de nitrogênio a 0, 60, 120 e 240 kg ha-1 foram aplicadas em cobertura. As maiores produções de matéria seca nos grãos, palhada e do acúmulo de nutrientes foram obtidas sob o sistema de plantio direto. Na dose de 60 kg ha-1 ocorreu maior eficiência da utilização do N pelo milho, constatada pela maior recuperação do N aplicado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-04-27
Como Citar
da Vitória, E. L., Fernandes, H. C., Lacerda, E. das G., & Rosado, T. L. (2012). ACÚMULO DE NUTRIENTES E MATÉRIA SECA PELO MILHO EM FUNÇÃO DO MANEJO DO SOLO E DA ADUBAÇÃO NITROGENADA. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 20(2), 104-111. https://doi.org/10.13083/reveng.v20i2.241
Seção
Mecanização Agrícola

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>