AVALIAÇÃO DA DEMANDA ENERGÉTICA DE UM DESINTEGRADOR-PICADOR-MOEDOR (DPM) NA MOAGEM DE MILHO

Autores

  • Luiz Henrique Souza
  • Gutemberg Pereira Dias
  • Luiz César Vieira de Souza
  • Ingrid Gomes Dias
  • Denilson Eduardo Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v18i6.271

Palavras-chave:

máquinas agrícolas, consumo específico de energia, eficiência energética

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a demanda energética de um desintegrador-picador-moedor, na moagem de milho, submetido a quatro rotações (4000, 3757, 2931 e 2335 rpm), quatro número de martelos (4, 5, 6 e 7) e três tipos de peneiras (3, 5 e 10 mm de diâmetro dos furos). Os resultados mostraram que tanto a capacidade de produção como o consumo específico foram influenciados pelo número de martelos. A peneira de 3 mm foi a que demandou maior potência. Há a necessidade de estudos de diferentes modificações no projeto da máquina, que permitam demonstrar sua influência na diminuição do consumo específico de energia. A utilização da peneira de maior diâmetro torna- se uma opção na moagem do milho para diminuição da demanda energética. Para a capacidade de produção e parao consumo específico de energia foram apresentados os seguintes valores na condição nominal: 0,22 t h-1 e 14,9 kWh t-1 na peneira de 3 mm; 0,51 t h-1 e 7,86 kWh t-1 na peneira de 5 mm; e 0,48 t h-1 e 7,03 kWh t-1 na peneira de 10 mm.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Souza, L. H., Dias, G. P., Souza, L. C. V. de, Dias, I. G., & Rodrigues, D. E. (2010). AVALIAÇÃO DA DEMANDA ENERGÉTICA DE UM DESINTEGRADOR-PICADOR-MOEDOR (DPM) NA MOAGEM DE MILHO. Revista Engenharia Na Agricultura - Reveng, 18(6), 480-487. https://doi.org/10.13083/reveng.v18i6.271

Edição

Seção

.