DEPOSIÇÃO DE GOTAS NO DOSSEL DA SOJA POR DIFERENTES PONTAS DE PULVERIZAÇÃO HIDRÁULICA E PRESSÕES DE TRABALHO

Autores

  • Rafael Gomes Viana
  • Lino Roberto Ferreira
  • Mauri Martins Teixeira
  • Paulo Roberto Cecon
  • Gislando Vinícius Rocha de Souza

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v16i4.59

Palavras-chave:

tecnologia de aplicação, população de gotas, cobertura foliar

Resumo

Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a deposição de calda no dossel da cultura da soja por meio de diferentes pontas de pulverização e pressões de trabalho. Foram utilizadas quatro pontas de pulverização (XR11002, TXA-8002, TT11002 e TJ60-8002), submetidas a três pressões de trabalho (827, 552 e 276 kPa). Foi realizada a coleta das gotas em etiquetas plásticas, em três posições de amostragem no dossel da soja (terços superior, médio e inferior), para posterior análise do diâmetro da mediana volumétrica (DMV), da densidade de gotas e da cobertura do alvo. A cobertura do alvo, a densidade de gotas e o DMV foram influenciados pela posição de amostragem, com valores decrescentes para as posições inferiores nas folhas da planta. As pontas XR11002, TT11002 e TXA-8002 proporcionaram maior cobertura e DMV nas posições superiores da planta. A ponta TJ60-8002 proporcionou cobertura e DMV homogêneo, nas três posições avaliadas. Diferentes níveis de cobertura foram observados, variando com o tipo de ponta, a posição de amostragem e a pressão de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Viana, R. G., Ferreira, L. R., Teixeira, M. M., Cecon, P. R., & Souza, G. V. R. de. (2008). DEPOSIÇÃO DE GOTAS NO DOSSEL DA SOJA POR DIFERENTES PONTAS DE PULVERIZAÇÃO HIDRÁULICA E PRESSÕES DE TRABALHO. Revista Engenharia Na Agricultura - Reveng, 16(4). https://doi.org/10.13083/reveng.v16i4.59

Edição

Seção

.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>