AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE UM SISTEMA DE TRAMENTO DE RESÍDUOS DA SUINOCULTURA CONTENDO BIODIGESTORES TUBULARES

Autores

  • Célio Moreira Ricardo Universidade Federal de Lavras - UFLA
  • Alessandro Torres Campos Setor de Construções e Ambiência, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras
  • Diego Bedin Marin Universidade Federal de Lavras - UFLA
  • Alessandro Vieira Veloso Setor de Construções e Ambiência, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras.
  • Matheus Campos Mattioli Universidade Federal de Lavras - UFLA

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v26i6.799

Palavras-chave:

Biodigestão anaeróbia, construções rurais, efluentes suinícolas, impacto ambiental, manejo de resíduos, viabilidade econômica

Resumo

Nos últimos anos, a suinocultura tem causado grande ônus ambiental devido ao manejo incorreto dos resíduos. Contudo, o processo de biodigestão anaeróbia, por meio de biodigestores, tem se constituído uma tecnologia interessante quando se busca solução para os problemas ambientais, que são evidenciados nas águas, ar e solo, além de produzir biogás e biofertilizante para as áreas rurais. No presente trabalho, objetivou-se desenvolver uma análise econômica de um sistema de tratamento de resíduos da suinocultura, contendo biodigestores tubulares, bem como descrever a simulação de um cenário a partir da venda de energia elétrica para as concessionárias de distribuição. Na metodologia utilizada para a avaliação econômica, compuseram-se o valor presente líquido, a taxa interna de retorno, a relação benefício custo e o período de recuperação do capital simples e econômico. Na análise econômica, observou-se que o valor presente líquido foi de R$17.210,51. O percentual estimado para taxa interna de retorno é de 7% a.a., que foi 1% superior à taxa de atratividade mínima. A relação benefício custo, estimada em 1,42, é considerada alta para este tipo de investimento, representando uma eficiência econômica de 42%. O período de recuperação do capital investido simples foi de sete anos e o período de recuperação do capital econômico foi estimado em oito anos, tempo compatível para o nível de investimento. A avaliação econômica do sistema permitiu concluir que o projeto é economicamente atrativo e a possibilidade da venda de eletricidade para a concessionária de energia cria um cenário favorável nos aspectos econômicos, ambientais, sociais e agronômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Célio Moreira Ricardo, Universidade Federal de Lavras - UFLA

MSC. em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Lavras - UFLA

Alessandro Torres Campos, Setor de Construções e Ambiência, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras

Prof. Associado do Setor de Construções Rurais e Ambiência (DEG/UFLA)

Diego Bedin Marin, Universidade Federal de Lavras - UFLA

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras

Alessandro Vieira Veloso, Setor de Construções e Ambiência, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras.

Professor Adjunto do Departamento de Engenharia da Universidade Federal de Lavras (DEG/UFLA)

Matheus Campos Mattioli, Universidade Federal de Lavras - UFLA

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras

Downloads

Publicado

2018-12-19

Como Citar

Ricardo, C. M., Campos, A. T., Marin, D. B., Veloso, A. V., & Mattioli, M. C. (2018). AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE UM SISTEMA DE TRAMENTO DE RESÍDUOS DA SUINOCULTURA CONTENDO BIODIGESTORES TUBULARES. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 26(6), 516-525. https://doi.org/10.13083/reveng.v26i6.799

Edição

Seção

Construções Rurais e Ambiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)