Educação, poder e liberdade de cátedra: o espaço acadêmico contemporâneo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32361/2020120210788

Palavras-chave:

Docência, Universidade, Panoptismo, Trabalho, Adoecimento

Resumo

Existe uma onda de perseguição no espaço acadêmico e a hipótese deste trabalho é que os ataques contra a Universidade Pública refletem o fortalecimento do discurso reacionário na sociedade. O objetivo geral é discutir os ataques contra a Universidade Pública, o objetivo específico é analisar seus impactos no ambiente de trabalho e no adoecimento docente. Optamos pelo método indutivo a partir de um caso concreto com suporte de referencial bibliográfico para o desenvolvimento dos objetivos do trabalho. A conclusão apontou que a Universidade tornou-se espaço de vigilância o que afeta o trabalho docente gerando adoecimento e improdutividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Augusto de Oliveira Diniz, Universidade Federal de Jataí

Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Mestre em Direito pelo Centro Universitário Toledo de Araçatuba. Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Professor na Universidade Federal de Jataí. Coordenador do Projeto de Pesquisa “Poder, Estado e Capitalismo: Impactos no Processo de Construção do Direito (PI03572-2019)”. E-mail: carlosaugustodiniz@hotmail.com.

Referências

AMARAL, Graziele Alves. Escuta Clínica do Trabalho e (Re)Significação do Sofrimento de Professoras Readaptadas. Tese (Doutorado em Psicologia) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, Universidade de Brasília, Brasília, p. 235. 2018.

DINIZ, Carlos Augusto de Oliveira. Vigiando, Punindo e Adoecendo: Impactos da Onda Persecutória no Ambiente Acadêmico de Trabalho. In Pesquisa e educação jurídica [Recurso eletrônico on-line] organização CONPEDI/CESUPA Coordenadores: Carlos André Birnfeld; Horácio Wanderlei Rodrigues; Arthur Laércio Homci Da Costa Silva – Florianópolis: CONPEDI, 2019. p. 23-43.

FLAESCHEN, Hara. REIS, Vilma. Sem provas PF encerra inquérito que levou Reitor Cancellier ao suicídio. Disponível em: <https://www.abrasco.org.br/site/outras-noticias/sem-provas-pf-encerra-inquerito-que-levou-reitor-cancellier-ao-suicidio/37766/#> Acesso em 28 de Jun. de 2019, s/p.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Organização, Introdução e revisão técnica de Roberto Machado. 25ª ed. São Paulo: Graal, 2012.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. tradução de Raquel Ramalhete. 42 ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. Marina de Andrade Marconi, Eva Maria Lakatos. - 5. ed. - São Paulo: Atlas 2003.

LEHER, Roberto. Autoritarismo contra a universidade: o desafio de popularizar a defesa da educação pública / Roberto Leher. – 1.ed. – São Paulo : Fundação Rosa Luxemburgo, Expressão Popular, 2019.

SAYURI, Juliana. O Comando que está Caçando ‘Esquerdistas’ nas Universidades já perseguiu 181 Professores. Disponível em: <https://theintercept.com/2018/10/26/universidades-censura/ > Acesso em: 28 de AGO. de 2019. s/p.

TOKARNIA, Mariana. Repórter da Agência Brasil. MEC instala lava jato da educação, diz Bolsonaro. Publicado em 15/02/2019. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2019-02/mec-instala-lava-jato-da-educacao-diz-bolsonaro> Acesso em: 26 de AGO. 2019.

Downloads

Publicado

2020-11-06

Como Citar

DINIZ, C. A. de O. Educação, poder e liberdade de cátedra: o espaço acadêmico contemporâneo. Revista de Direito, [S. l.], v. 12, n. 02, p. 01-27, 2020. DOI: 10.32361/2020120210788. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/revistadir/article/view/10788. Acesso em: 30 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos de fluxo contínuo