Perspectivas, avanços e projeções para a implantação da Pós-Graduação Stricto Sensu em Secretariado Executivo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33228/scribes.2020.v1.11032

Resumo

Este estudo objetiva, em linhas gerais, analisar o cenário dos cursos de graduação em Secretariado Executivo no Brasil, da pós-graduação lato sensu em Secretariado e da qualificação dos docentes graduados em Secretariado Executivo, lançando um olhar sobre as perspectivas de criação de pós-graduação stricto sensu na área. Isso porque, embora o curso exista no Brasil há praticamente meio século, ainda não há oferta de programas stricto sensu em Secretariado Executivo, formação essencial para o desenvolvimento e consolidação da área. Nesse aspecto, esta pesquisa buscou explanar a evolução da profissão de Secretariado, abordando aspectos como perfil, atribuições e principais avanços na área, aliada a uma discussão sobre a educação superior e a pós-graduação no Brasil. Para tanto, utilizou-se de um estudo qualitativo, descritivo e interpretativo, realizado por meio de pesquisa documental. Como resultados principais, constatou-se que a redução das ofertas dos cursos de Secretariado Executivo, juntamente com o baixo número de egressos em especializações e a tardia titulação de

mestrado e doutorado dos docentes de Secretariado Executivo, são fatores que não influenciam positivamente para o desenvolvimento de um curso stricto sensu na área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivanete Daga Cielo, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Doutora em Desenvolvimento Regional e Agronegócio pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Docente do curso de Secretariado Executivo Trilíngue na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Fernanda Cristina Sanches-Canevesi, Universidade Estadual de Maringá

Bacharel em Secretariado Executivo pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Maringá.

Camila Bernardin Lenzi Costeira Villas Bôas, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Bacharel em Secretariado Executivo pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) 

Downloads

Publicado

2020-12-15 — Atualizado em 2020-12-18

Versões

Como Citar

Daga Cielo, I. ., Sanches-Canevesi, F. C., & Bernardin Lenzi Costeira Vilas Bôas, C. (2020). Perspectivas, avanços e projeções para a implantação da Pós-Graduação Stricto Sensu em Secretariado Executivo. SCRIBES - Brazilian Journal of Management and Secretarial Studies, 1(2). https://doi.org/10.33228/scribes.2020.v1.11032 (Original work published 15º de dezembro de 2020)

Edição

Seção

Artigos