Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores

A submissão de artigos e de casos de ensino na SCRIBES – Brazilian Journal of Management and Secretarial Studies – é gratuita.

 

Autoria

São admitidos até 4 autores por artigo e todos deverão estar cadastrados no site da SCRIBES. 

O nome do(s) autor(es) deve vir em arquivo separado, acompanhado de um breve currículo que o qualifique na área de conhecimento do artigo e o endereço eletrônico;

Dois é o número máximo de artigos que podem ser submetidos por autor por ano, independentemente da posição de autoria. 

Os artigos submetidos devem ser assinados por Doutores, Mestres, Doutorandos, Mestrandos, Pós-graduados (Especialização/MBA), Pós-graduandos (Especialização/MBA), Graduados ou Graduandos e, nos quatro últimos casos, é imprescindível que, pelo menos um dos autores, tenha o título de Doutor.

 

Áreas e temas da Revista

Estudos Secretariais

  • Desenvolvimento Científico do Campo Secretarial
  • Formação Profissional e Docente em Secretariado
  • Secretariado e Atuação Profissional
  • Gestão e Competências Secretariais
  • Linguagem e Idiomas no Contexto Secretarial
  • Identidade e Diversidade no Secretariado
  • Sustentabilidade no Secretariado

Estudos Organizacionais

  • Abordagem histórica do desenvolvimento da área de EO e também de outras questões que possam beneficiar-se de um esclarecimento histórico
  • Cultura, simbolismo e imaginário organizacional (poder, gestão do afetivo, disciplina, sentidos do trabalho e vínculo, perspectiva psicossociológica, etc.)
  • Utilização de novas epistemologias para compreender as organizações
  • Estudos interculturais (interações culturas nacionais, mobilidade, o estrangeiro e o novo grupo, equipes multiculturais, aspectos de carreiras internacionais, etc.)
  • Comportamentos no ambiente de trabalho (violências, discriminações, assédios, suicídios, etc.)
  • Mudança organizacional
  • Práticas de gestão
  • Indústrias criativas
  • Estudos etnográficos de cunho pós-estruturalista
  • Abordagens pós-coloniais para se compreender as organizações e o seu estudo
  • A interferência de ferramentas do "management" em áreas além da sua especialidade
  • Consumo e organizações
  • Abordagem institucional nos Estudos Organizacionais
  • Aprendizagem nas organizações
  • Comportamento organizacional
  • Simbolismos, Cultura e Identidades organizacionais
  • Abordagens Relacionais às Organizações

 

Idioma

São aceitos artigos em português, inglês, espanhol e francês. Sempre deverá haver uma versão do título, resumo e palavras-chave em inglês.

 

Normas de Formatação

Papel: A-4 (29,7 x 21 cm)

Margens: superior: 3 cm; esquerda: 3 cm; inferior: 2 cm; direita: 2 cm.

Editor de texto: Word for Windows 6.0 ou posterior.

Fonte: Times New Roman, tamanho 12.

Espaçamento entre linhas: 1,5 

Parágrafos: alinhamento justificado

Os artigos devem possuir no mínimo 15 e no máximo 25 páginas, não excedendo 8000 palavras, já incluindo:

  • Título (em português e em inglês),
  • Resumo e 3 (três) palavras-chave,
  • Abstract and 3 (três) keywords,
  • Introdução,
  • Referencial teórico,
  • Metodologia,
  • Análise e discussão dos resultados,
  • Conclusões e
  • Referências.

Título e sub-título: Devem figurar na página de abertura do artigo e se houver sub-título este deve aparecer separado por dois pontos (:), em português e em inglês.

Resumo e Abstract: Não devem ultrapassar 1000 caracteres. Não é aceito Abstract  feito em tradução automática (como a ferramenta Google Tradutor). O resumo deve trazer informações claras sobre o objetivo do trabalho, bases teóricas utilizadas, principais considerações metodológicas (quando for o caso) e resultados mais relevantes.

Palavras-chave e Keywords: Devem vir separadas por ponto e vírgula.

Notas de rodapé e nota de fim: Os trabalhos publicados na SCRIBES utilizam notas de fim, não use notas de rodapé. Notas devem ser usadas o mínimo possível.

Seções: Formatar parágrafo: Espaçamento – antes: 0 pt e depois: 12 pt. Não colocar ponto entre o número e o texto.

Os quadros, tabelas, gráficos, e ilustrações devem apresentar as respectivas legendas, citando a fonte completa. No topo da ilustração deve estar a sua designação e o seu número indicativo (ex.: Tabela 2). Convém ao autor saber a diferença entre quadro e tabela.

Citações e Referências: devem conter todas as fontes de informações citadas no texto, obedecendo as normas de Citação e Referências da APA (American Psychological Association). Recomenda-se a leitura atenciosa e o atendimento pleno das orientações detalhadas sobre citações e referências padrão APA.

Para construção de citações, lista de referências, tabelas e quadros, consultar o Resumo das Normas da APA da ANPAD

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.