Prefeituras priorizam o desenvolvimento local? Um estudo qualitativo do caso de Montes Claros/MG de acordo com a visão de gestores públicos locais

Felipe Fróes Couto, Ivan Beck Ckagnazaroff

Resumo


No presente artigo, parte-se do pressuposto de que as prefeituras possuem um importante papel na promoção do desenvolvimento local. É por meio das prefeituras que os cidadãos buscam resolver os problemas do cotidiano, de suas casas e dos serviços públicos ofertados. Assim, as prefeituras, além de possuir estruturas de serviços públicos, devem também possuir capacidade de planejar e implementar políticas capazes de transformar a realidade das pessoas. O presente trabalho é um estudo qualitativo cujo objetivo é analisar as percepções dos gestores públicos do município sobre a capacidade da prefeitura de Montes Claros/MG de planejar, implementar e gerenciar ações de desenvolvimento local. Para a coleta de dados e tratamento do tema, foram entrevistadas, no presente caso, 15 autoridades locais no período de janeiro a março de 2015. Os entrevistados relataram um cenário em que as preocupações com desenvolvimento local são, na estrutura de gastos das prefeituras, apenas acréscimos não prioritários, pois não estão relacionados aos objetivos delimitados pelos governos estadual e federal, que são as principais fontes de repasse de recurso e de controle governamental. Ações de desenvolvimento local, por não serem consideradas prioritárias no presente caso, são consideradas complementares e recebem tratamento equivalente na administração local.

Palavras-chave


Desenvolvimento Local; Prefeitura; Capacidade Administrativa

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.21118/apgs.v1i4.1067

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons | Qualis/Capes - B1 | e-Issn: 2175-5787 | Editora: Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Av. Peter Henry Rolfs s/n – Campus Universitário Cep: 36570 000 – Viçosa/MG Fone: (31) 3899-2886 | apgs@ufv.br