O que dizem teses e dissertações sobre o uso de espaços religiosos pelas escolas públicas, no contexto da educação em tempo integral?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.8175

Palavras-chave:

Educação, Religião, Escola pública, Espaços religiosos, Educação em tempo integral

Resumo

Em diferentes pesquisas realizadas ao longo dos últimos anos sobre a ampliação da jornada escolar, observamos a utilização de espaços religiosos por escolas públicas para possibilitar o desenvolvimento de atividades escolares. Essa realidade trouxe-nos questionamentos e motivou-nos a realizar este estudo, que é parte de uma tese desenvolvida em curso de doutorado. Especificamente no escopo do presente artigo, objetivamos analisar o que dizem as teses e dissertações sobre essa questão, quando em situação de ampliação da jornada escolar para o tempo integral. Metodologicamente, realizamos um Estado do Conhecimento, a partir de levantamento de dissertações e teses com essas temáticas no banco de dados da CAPES. Esta tarefa não localizou trabalhos acerca de parcerias entre escolas públicas e instituições religiosas para uso de espaços, revelando que nosso estudo pode ser considerado relevante, principalmente, em termos de contribuição para o aprofundamento da temática no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Russo Silva Paiva, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Mestre em Educação e Pedagoga pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Pesquisadora do Núcleo de Estudos - Tempos, Espaços e Educação Integral (NEEPHI/UNIRIO).

Lígia Martha Coimbra da Costa Coelho, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Educação e Mestre em Teoria Literária, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduada em Letras e Pedagogia, pela Universidade Santa Úrsula. Professora Associada da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Coordenadora do Núcleo de Estudos - Tempos, Espaços e Educação Integral (NEEPHI/UNIRIO).

Referências

ALMEIDA, Volnei Bispo de. As parcerias público-privadas na Educação Infantil: um estudo sobre a laicidade do Estado e a religiosidade de instituições conveniadas. 2014. 98 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2014.

BRASIL. Educação integral/educação integrada e(m) tempo integral: concepções e práticas na educação brasileira. Mapeamento das experiências de jornada ampliada no Brasil: Estudo quantitativo. Brasília: DF, 2010a.

BRASIL. Educação integral/educação integrada e(m) tempo integral: concepções e práticas na educação brasileira. Mapeamento das experiências de jornada ampliada no Brasil: estudo qualitativo. Brasília: DF, 2010b.

BRASIL. Portaria Normativa Interministerial n. 17, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades sócio-educativas no contraturno escolar. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 26 de abril de 2007.

BRASIL. Programa Mais Educação: impactos na educação integral e integrada. Relatório final de pesquisa. Brasília, DF: MEC/SEB, 2015.

COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa. Pensando sobre qualidade, tempo integral e educação integral no ensino fundamental: apontamentos no Estado do Rio de Janeiro. Relatório Acadêmico. Brasília, DF: CAPES/INEP, 2010.

OLIVEIRA, Heli Sabino de. Educação de Jovens e Adultos em Espaços Religiosos: escolhas, negociações e conflitos. 2012. 408 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte” em educação. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n. 19, p. 37-50, set./dez. 2006.

ROSA, Alessandra Victor do Nascimento. Educação integral e(m) tempo integral: Espaços no Programa Bairro-Escola, Nova Iguaçu - RJ. 2011. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

SABINO, Nídia Cristina. Educação de Jovens e Adultos em espaços não escolares: estudo de caso de uma regional pedagógica da rede municipal de Belo Horizonte. 2014. 114 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2014.

SILVA, Allan do Carmo. Laicidade versus confessionalismo na escola pública: um estudo em Nova Iguaçu (RJ). 2013. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

Publicado

2020-09-25

Como Citar

Paiva, F. R. S., & Coelho, L. M. C. da C. (2020). O que dizem teses e dissertações sobre o uso de espaços religiosos pelas escolas públicas, no contexto da educação em tempo integral?. Educação Em Perspectiva, 11(.), e020022. https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.8175

Edição

Seção

Pesquisas