Pesquisa narrativa

reflexões sobre produções dos últimos 14 anos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.8403

Palavras-chave:

Pesquisa narrativa, Desenvolvimento profissional, Espaço tridimensional

Resumo

Apresenta-se, neste artigo, os resultados de uma pesquisa de natureza bibliográfica, cuja metodologia envolveu um levantamento no portal de periódicos da CAPES. Este estudo configura-se como uma das etapas de pesquisa de doutorado da autora principal deste texto e buscou levantar dados pertinentes ao uso das narrativas como método e como fenômeno, considerando os trabalhos que apresentaram resultados de investigações a partir da metodologia de pesquisa narrativa, com base nos autores Connelly e Clandinin. A pesquisa foi realizada entre os meses de dezembro de 2018 e março de 2019. Os dados foram organizados considerando o descritor: Pesquisa Narrativa, as datas de publicação e a metodologia apresentada. A partir do tratamento dos dados, são discutidos alguns termos que compõem o arcabouço dessa metodologia como Experiência, Espaço Tridimensional, Pessoas e o lugar da teoria na pesquisa, termos estes que se aproximam do interesse dos autores deste texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deusodete Rita da Silva Aimi, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso, Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Rondônia. Atualmente é professora do curso de Pedagogia da Faculdade Santo André, pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso.

Filomena Maria de Arruda Monteiro, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutora e Pós-doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Política e Formação Docente (GEPForDoc).

Referências

ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: buscando rigor e qualidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 113, p. 51-64, jul. 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742001000200003

ARAGÃO, Rodrigo. Cognição, emoção e reflexão na sala de aula: por uma abordagem sistêmica do ensino/aprendizagem de inglês. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 5, n. 2, p. 101-120, 2005. http://dx.doi.org/10.1590/S1984-63982005000200005

CARVALHO, Sandra Pavoeiro Tavares. Narrativas sobre inclusão de crianças com necessidades educacionais especiais em uma Escola Municipal de Educação Básica de Cuiabá/MT. 2017. 244 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2017.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Narrative Inquiry: Experience and Story in Qualitative Research. San Francisco: Jossey Bass Publishers, 2000.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa Narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. 1. ed. Tradução do Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: UDUFU, 2011.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa Narrativa: experiência e história em pesquisa qualitativa. 2. ed. Tradução do Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2015.

CONNELLY, F. Michael; CLANDININ, D. Jean. Relatos de experiencia e investigación narrativa. In: LARROSA, Jorge et al. (ed.). Déjame que te cuente: ensayos sobre narrativa y educación. Barcelona: Laertes, 1995. p. 11-59.

DEWEY, John. Experiência e educação. Tradução de Anísio Teixeira. 2 ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1976.

DORNELES, Aline Machado; GALIAZZI, Maria do Carmo. Investigação narrativa na formação de professores de química. Roteiro, Joaçaba, v. 41, n. 1, p. 179-196, jan./abr. 2016. http://dx.doi.org/10.18593/r.v41i1.9004

EVANGELISTA, Edson Gomes. Narrativas de professores de língua portuguesa e língua espanhola em processo inicial do tornar-se docente em contextos institucionais. 2017. 179 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2017.

FERRAROTTI, Franco. História e histórias de vida: o método biográfico nas Ciências Sociais. Tradução de Carlos Eduardo Galvão Braga e Maria da Conceição Passeggi. Natal: EDUFRN, 2014.

FREITAS, Lilliane Miranda; GHEDIN, Evandro Luiz. Narrativas de formação: origens, significados e usos na pesquisa-formação de professores. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v. 10, n. 19, p. 111-131, jan./jun. 2015. https://doi.org/10.20500/rce.v10i19.1929

FREITAS, Maria Teresa Menezes; FIORENTINI, Dario. Desafios e potencialidades da escrita na formação docente em matemática. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, n. 37, p. 138-149, jan./abr. 2008. https://doi.org/10.1590/S1413-24782008000100012

GALVÃO, Cecília. Narrativas em Educação. Ciência & Educação, Bauru, v. 11, n. 2, p. 327-345, ago. 2005. https://doi.org/10.1590/S1516-73132005000200013

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin W. Entrevista narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George (org.). Pesquisa qualitativa com texto imagem e som: um manual prático. Tradução de Pedrinho Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2002. p. 90-113.

LIMA, Maria Emília Caixeta de Castro; GERALDI, Corinta Maria Grisolia; GERALDI, João Wanderley. O trabalho com narrativas na investigação em educação. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 31, n. 1, p. 17-44, jan./mar. 2015. https://doi.org/10.1590/0102-4698130280

MARIANI, Fábio; MONTEIRO, Filomena Maria de Arruda. A pesquisa narrativa na formação de professores: aproximações que se potencializam. Roteiro, Joaçaba, v. 41, n. 1, p. 109-133, jan./abr. 2016. https://doi.org/10.18593/r.v41i1.8878

MARIANI, Fábio. Os processos formativos de licenciandos em física do IFMT: narrativas sobre o ser professor e a ação de ensinar. 2016. 234 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2016.

MELLO, Dilma Maria de. Histórias de subversão do currículo, conflitos e resistências: buscando espaço para a formação do professor na aula de língua inglesa do Curso de Letras. 2004. 220 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

MOREIRA, Lineuza Leite. Multiculturalidade no ensino de Ciências em uma escola do município de Vila Bela da Santíssima Trindade - MT. 2019. 185 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2019.

NÓVOA, António (org.). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 2000.

OLIVEIRA, Leonardo Davi Gomes de Castro. Pesquisa narrativa e educação: algumas considerações. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO - EDUCERE, 13., Curitiba, 2017. Anais eletrônicos... Curitiba: PUCPR, 2017.

OLIVEIRA, Rosa Maria Moraes Anunciato et al. Narrativas de formação: o que dizem licenciandas e professoras iniciantes. Revista Educação Pública, Cuiabá, v. 25, n. 60, p. 631-656, set./dez. 2016. https://doi.org/10.29286/rep.v25i60.4090

PIZZANI, Luciana et al. A arte da pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Campinas, v. 10, n. 2, p. 53-66, jul./dez. 2012. https://doi.org/10.20396/rdbci.v10i1.1896

SERODIO, Liana Arrais; PRADO, Guilherme do Val Toledo. Escrita-evento na radicalidade da pesquisa narrativa. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 33, e150044, 2017. https://doi.org/10.1590/0102-4698150044

TELLES, João Antonio. A trajetória narrativa: histórias sobre a formação do professor de línguas e sua prática pedagógica. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 34, p. 79-92, jul./dez. 1999.

VASSALLO, Maria Luisa; TELLES, João Antonio. Aprendendo línguas estrangeiras in-tandem: histórias de identidades. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 8, n. 2, p. 341-381, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S1984-63982008000200005

Publicado

2020-08-12

Como Citar

Aimi, D. R. da S., & Monteiro, F. M. de A. . (2020). Pesquisa narrativa: reflexões sobre produções dos últimos 14 anos. Educação Em Perspectiva, 11(.), e020018. https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.8403